Tiroteio deixa 2 mortos e 4 feridos em colégio de Goiânia (GO)

A Polícia Militar de Goiás divulgou na tarde desta sexta-feira (20/10), a informação de que policiais da corporação, juntamente com agentes da Polícia Civil, foram acionados para atender a uma ocorrência de tiroteio em um colégio de Goiânia, capital do Estado, que resultou na morte de duas pessoas. Outras quatro pessoas ficaram feridas.

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação do Comando Geral da Polícia Militar (CGPM) de Goiás, o tiroteio aconteceu na manhã de hoje, por volta das 08h25min (horário de Brasília), no Colégio Goyases, localizado na Rua Planalto, no Conjunto Riviera.

Segundo os dados que constam no Boletim de Ocorrência (BO), os quais foram repassados à imprensa, um adolescente armado entrou no estabelecimento de ensino e começou a atirar contra os colegas, professores e funcionários. Dois alunos morreram e outros dois ficaram feridos.

Uma coordenadora do colégio conseguiu se aproximar do suspeito e o desarmou. Ele tentou fugir do local correndo, mas foi detido.

Equipes de emergência e das Polícias Civil e Militar foram acionadas e rapidamente chegaram ao local, que foi isolado e cercado. Os feridos foram socorridos e levados às pressas para hospitais da região, enquanto que os corpos das vítimas fatais eram resgatados e levados para o Instituto Médico Legal (IML), onde serão realizados todos os exames de praxe.

O suspeito já foi identificado e apreendido, trata-se de um adolescente de 14 anos que não teve a identidade divulgada. Ele relatou aos policiais que resolveu cometer o crime porque estava sofrendo “Bullying” na escola, e que pretendia matar apenas o colega que o estava “amolando’.

Ainda segundo o adolescente, ele se inspirou nos massacres de Columbine (EUA) e Realengo (Brasil) para cometer o crime.

Informações preliminares, ainda não oficialmente confirmadas, revelam que o adolescente/suspeito de 14 anos é filho de policiais militares, e que ele pegou a arma da mãe, uma pistola calibre 40, de uso restrito.

As identidades dos dois adolescentes que morreram hoje já foram divulgadas, trata-se de J. G. e J. P. C., ambos de 14 anos. Os dois jovens foram alvejados dentro da sala de aula.

Com informações da Assessoria de Comunicação do CGPM/GO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo