Incêndio atinge e destrói trailer na Orla Ferroviária em Campo Grande (MS)

A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul divulgou na tarde desta quinta-feira (14/09), a informação de que policiais da corporação, juntamente com militares do Corpo de Bombeiros, foram acionados para atender a uma ocorrência de incêndio na Orla Ferroviária, no Centro de Campo Grande, capital do Estado.

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação do Comando Geral da Polícia Militar (CGPM), o incêndio aconteceu na madrugada de hoje, provavelmente as 05h35min (horário de MS), e atingiu um quiosque/trailer de lanches que fica localizado na Orla Ferroviária. Acredita-se que o incêndio tenha sido criminoso.

Segundo os dados que constam no Boletim de Ocorrência (BO), os quais foram repassados à imprensa, pedestres que passavam pelo local viram o fogo e imediatamente acionaram a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros.

Uma equipe da Polícia Militar e duas do Corpo de Bombeiros foram rapidamente enviadas para o local, que foi isolado. Testemunhas disseram que moradores de rua costumam usar esses trailers como casa.

Ainda segundo essas testemunhas, no momento do incêndio uma mulher estava dentro do trailer, mas que ela conseguiu deixar o local e se salvar.

A moradora de rua disse que estava morando no local há cerca de três meses, e que nessa madrugada havia sido atacada por dois homens. Ela acredita que os dois suspeitos tenham ateado fogo no trailer.

Um dos bombeiros que trabalhou no combate as chamas, e que pediu para não ser identificado, disse que oficialmente as causas do incêndio ainda são desconhecidas, e que somente após a realização da perícia é que se saberá ao certo se foi um ato criminoso ou não.

Moradores próximos a Orla Ferroviária reclamam da insegurança no local e, sobretudo, da falta de policiamento. Muitos afirmam que os quiosques/trailer estão abandonados há muito tempo, servindo de moradias para mendigos, usuários de droga e criminosos.

Várias pessoas disseram que os casos de furtos e roubos na região são frequentes e que muitos andarilhos utilizam o espaço da Orla Ferroviária como ponto de prostituição.

A equipe do Campo Grande Notícias entrou em contato com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Campo Grande, mas foi informada de que ninguém iria comentar o assunto.

Com informações da Assessoria de Comunicação do CGPM/MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo