Ladrões armados invadem e assaltam casa em bairro de Dourados (MS)

A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul divulgou no início da tarde deste domingo (03/09), a informação de que policiais da corporação, lotados no município de Dourados, a 214 km de distância de Campo Grande, capital do Estado, foram acionados para atender a uma ocorrência de assalto a uma residência. Quatro pessoas, incluindo duas crianças, foram mantidas como reféns pelos criminosos.

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação do Comando Geral da Polícia Militar (CGPM), o assalto aconteceu na manhã de hoje, por volta das 07h15min (horário de MS), a uma residência que fica localizada em um dos bairros.

Segundo os dados que constam no Boletim de Ocorrência (BO), os quais foram repassados à imprensa, a proprietária da casa abriu a porta dos fundos quando foi surpreendida pelos dois criminosos, que de posse de armas ameaçaram-na de morte.

A mulher, de 39 anos, foi obrigada a entrar em casa e todos seguiram para o quarto do casal, aonde o marido, de 45 anos dormia. Ele também foi rendido.

Em seguida, um dos criminosos foi até o quarto das crianças e os renderam, levando-os para junto dos pais. Todos foram obrigados a ficar no quarto do casal, sob a mira de um revólver.

Um dos suspeitos vasculhou a casa e pegou cerca de R$ 4 mil que estava em um cofre, além de documentos pessoais e as chaves do carro da família. Após, eles pediram para o marido entregar a arma, mas como ele disse não possuir armamento de fogo, os criminosos se deram por satisfeito e fugiram em alta velocidade, levando o automóvel.

A Polícia Militar foi acionada e imediatamente enviou uma equipe para a residência. As vítimas foram aconselhadas a fazer um BO na Delegacia de Polícia Civil.

O veículo roubado foi encontrado logo depois do assalto pela Polícia Militar. Ele estava abandonado com as portas abertas a cerca de 2 km de distância da casa das vítimas.

Com informações da Assessoria de Comunicação do CGPM/MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo