No aniversário de 118 anos, Campo Grande é presenteada com cinco esculturas de capivaras

Esculpidas pelo artista plástico Cleir, obras fazem parte do projeto Capivara Urbana, da Águas Guariroba.

Fotos: Daiane Libero/Assessoria

Campo Grande vai ficar ainda mais bonita em seu aniversário. No próximo dia 26 a Capital Morena celebra seus 118 anos e no mesmo dia, a cidade e toda população será contemplada por cinco esculturas de um dos mais populares símbolos da fauna sul-mato-grossense: as capivaras.

O Projeto Artístico Capivara Urbana, idealizado pela Águas Guariroba, contou com o trabalho do artista plástico Cleir, que projetou as esculturas que serão expostas na cidade.

“Foi um desafio e um orgulho fazer parte dessa proposta. As capivaras já fazem parte do cotidiano do campo-grandense, existe um carinho nessa convivência e esse trabalho deveria expressar esse carinho e respeito por um animal que simboliza essa sintonia única da fauna com o desenvolvimento urbano de Campo Grande”, avalia Cleir.

As esculturas, que ficarão expostas na Praça Ary Coelho, Orla Morena, Feira Central, Sesc Morada dos Baís e nos Altos da Avenida Afonso Pena, foram esculpidas em fibra de vidro e medem 90 centímetros de altura e tem 1,85 metros de comprimento, tamanho semelhante ao de uma capivara.

Fotos: Daiane Libero/Assessoria

Participações

Após esculpidas por Cleir, outros quatro artistas plásticos de Mato Grosso do Sul dedicaram seu talento ao projeto. Ana Ruas, Isaac de Oliveira, Jonir Figueiredo, Guto Naveira coloriram as capivaras, cada um com seu estilo. A própria capivara de Cleir ganhou nome: Capivara Morena.

“Fiz uma homenagem à Campo Grande, escolhi cores e um padrão que fique explícito o amor à cidade”, conta Cleir, que também coloriu uma das esculturas.

Lançamento – Na sexta-feira (25), às 17h as Capivaras Urbanas serão apresentadas durante lançamento do projeto no Sesc Morada dos Baís

As esculturas ficarão expostas na cidade até dezembro. Após, serão leiloadas e o valor arrecadado será doado a instituições assistenciais da cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo