Em Assembleia Geral, policiais civis rejeitam proposta do governo e continuam acampados

Assembleia Geral dos Policiais Civis de Mato Grosso do Sul na Governadoria em Campo Grande (MS) – Foto: Sinpol/MS

Nesta segunda-feira (10), centenas de policiais civis se reuniram em Assembleia Geral em frente à governadoria. Em cima do trio elétrico, a diretoria do sindicato informou a proposta oferecida pelo governo estadual que consiste em parcelar os 7% já garantido em lei desde o ano de 2016 referente a julho de 2017, descontando os 2,94% do reajuste linear deste ano.

Para o presidente do Sinpol-MS, Giancarlo Miranda, a proposta é no mínimo indecente. “Querem negociar com um direito já garantido em lei, reduzindo inclusive esse percentual, o que jamais aceitaremos. O que queremos é o cumprimento da Carta Compromisso e se ele não tiver a honradez de cumpri-la, nós temos a garra de lutar até o fim pelos nossos ideais”, declarou Giancarlo.

Os policiais civis continuarão acampados em frente à governadoria, apesar dos pedidos insistentes do governo do estado para que se retirem. O grupo também cogita montar um outro acampamento em frente à residência do governador Reinaldo Azambuja durante esta semana. Uma nova Assembleia Geral está marcada para o próximo sábado (15), às 10h, na sede da entidade em Campo Grande.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo