PRF apreende 970 kg de maconha na BR-267, próximo a Guia Lopes da Laguna (MS)

Foto: PRF/MS – Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Mato Grosso do Sul divulgou na manhã desta segunda-feira (10/07), a informação de que policiais da corporação conseguiram apreender na Rodovia BR-267, nas proximidades do município de Guia Lopes da Laguna, no Sudoeste do Estado, cerca de 970 quilos de maconha que estavam sendo transportados em um veículo de passeio. Duas pessoas foram presas em flagrante.

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação da PRF/MS, a apreensão do entorpecente e a prisão dos suspeitos aconteceram neste domingo (09/07), durante uma fiscalização de rotina.

Segundo os dados que constam no Boletim de Ocorrência (BO), os quais foram repassados à imprensa, os policiais rodoviários federais faziam uma blitz na rodovia quando avistaram um veículo trafegando pela mesma, e sinalizaram para que o condutor parasse o carro.

O motorista, um homem de 53 anos, não obedeceu a determinação dos policiais e acelerou, empreendendo fuga. Os policiais iniciaram uma perseguição em alta velocidade.

Durante a fuga, o suspeito jogou na estrada pregos, conhecidos como ‘miguelitos’ com o objetivo de furar os pneus das viaturas policiais. O objetivo do condutor não surtiu o efeito desejado, e ele foi alcançado e detido.

Durante a vistoria no veículo, os policiais rodoviários federais encontraram e apreenderam o entorpecente, que estava dividido em tabletes, prontos para serem comercializados.

Outro veículo que passavam pelo local também foi vistoriado, tendo os policiais da PRF constatado que o condutor, um rapaz de 26 anos, estava ‘trabalhando’ como batedor. O jovem também foi preso.

Os dois suspeitos, juntamente com os veículos e o entorpecente, foram levados para a Delegacia de Polícia Civil de Jardim, onde todas as providências cabíveis foram tomadas.

Em depoimento, o homem de 53 anos afirmou ter sido ‘contratado’ para levar a droga de Ponta Porã (MS) para São Paulo (SP), onde ela seria comercializada.

Com informações da Assessoria de Comunicação da PRF/MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo