Avalanche de neve deixa 8 mortos e 30 feridos no Japão

Equipes de resgate trabalham na região da avalanche em busca de mais sobreviventes. – Foto: Reuters TV/Reprodução

Uma avalanche de neve atingiu nesta segunda-feira (27/03) uma das pistas de esqui do Complexo Nasuonsen Family Ski Resort, na cidade de Nasu, a cerca de 200 km ao Norte de Tóquio, capital do Japão. Até o momento foram confirmadas a morte de oito pessoas.

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, 30 pessoas ficaram feridas e há pelo menos sete desaparecidos. Buscas estão sendo realizadas na região, mas a forte nevasca está dificultando os trabalhos de busca e salvamento.

Informações preliminares revelam que 60 adolescentes, de sete escolas de nível médio, estavam na pista de esqui participando de um treinamento de alpinismo quando ocorreu a avalanche. No momento da tragédia havia professores com os alunos.

As autoridades japonesas informaram que o Departamento Regional dos Bombeiros recebeu por volta das 09h20min (horário local) uma ligação de emergência solicitando ajuda, e que equipes de resgate foram mobilizadas e imediatamente enviadas a região. Helicópteros foram enviados para a região, mas não puderam sobrevoar a área devido ao mau tempo.

Por terra, bombeiros conseguiram resgatar os corpos de oito adolescentes e conseguiram socorrer com vida, porém feridas, 30 pessoas. Duas dessas vítimas estão em estado grave.

Equipes de resgate continuam os trabalhos de busca e salvamento na região porque ainda existem pessoas desaparecidas, que podem estar soterradas sob a neve.

As autoridades japonesas disseram que no dia anterior a tragédia, a Agência Meteorológica Japonesa (JMA) havia emitido um alerta de avalanche de neve na região. Na ocasião, acumulou cerca de 33 centímetros de neve em apenas oito horas.

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, disse durante uma sessão do Parlamento que seu governo está empenhado em ajudar as equipes de resgate no que for necessário, e que a prioridade é resgatar possíveis vítimas que ainda possam estar soterradas.

Shinzo Abe declarou não saber os motivos que levaram os professores a ignorar o alerta de avalanche e manter o treinamento, colocando em risco a integridade de todos.

Os estudantes estavam no complexo participando de um programa de alpinismo que começou no sábado (26/03), e que deveria ser concluído ao meio-dia desta segunda-feira (27/03).

Com informações das Agências Reuters e EFE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo