PM apreende cerca de 3 mil pacotes de cigarros na BR-163, próximo a Coxim (MS)

Foto: CGPM/Rotai/MS

A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul divulgou na manhã desta segunda-feira (23/01), a informação de que policiais da corporação, lotados na Rotai (Rondas Ostensivas Táticas do Interior), conseguiram apreender na Rodovia BR-163, nas proximidades do município de Coxim, a 259 km de distância de Campo Grande, capital do Estado, 2.911 pacotes de cigarros sem documentação, provavelmente oriundos de contrabando. Duas pessoas foram presas em flagrante.

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação do Comando Geral da Polícia Militar (CGPM), a apreensão dos cigarros e a prisão dos suspeitos aconteceram na madrugada de domingo (22/01), por volta das 01h35min (horário de MS), durante uma fiscalização de rotina.

Segundo os dados que constam no Boletim de Ocorrência (BO), os quais foram repassados à imprensa, policiais da Rotai faziam rondas na região quando avistaram dois veículos estacionados as margens da rodovia, e foram averiguar.

Durante a abordagem, os policiais checaram os documentos dos veículos e dos condutores e constataram que estavam aparentemente em ordem.

Como os dois rapazes se mostraram excessivamente nervosos, os policiais decidiram vistoriar os veículos, e solicitaram que ambos descessem dos respectivos automóveis.

No interior dos veículos foram encontrados e apreendidos os pacotes de cigarros de diversas marcas. Ambos não apresentaram nota fiscal e/ou qualquer documentação que comprovasse a origem lícita da mercadoria, ficando caracterizado o contrabando.

Em depoimento informal, um dos suspeitos admitiu se o dono da carga de cigarros, e garantiu que o amigo estava apenas ajudando a fazer o transporte.

O suspeito disse ainda que o carregamento de cigarros estava sendo transportado de Dourados (MS) para Rondonópolis (MT), onde seria comercializado.

Diante dos fatos apresentados, os policiais deram voz de prisão aos dois suspeitos, que juntamente com os veículos e os pacotes de cigarros foram levados para a Delegacia de Polícia Civil de Coxim, onde todas as providências cabíveis foram tomadas.

Com informações da Assessoria de Comunicação do CGPM/MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo