Scheidt e Maguila assumem liderança na SSL Finals

Dupla brasileira venceu mais uma regata nesta quarta (30) e ruma para a fase eliminatória em Nassau; provas desta quinta (1º/12) ao vivo às 14h.

Scheidt e Maguila na liderança (Martinez Studio / SSL)

Scheidt e Maguila na liderança (Martinez Studio / SSL)

Nassau (BAH) – Robert Scheidt e Henry Boening lideram a fase de qualificação da SSL Finais 2016 depois de uma quarta-feira quase perfeita na Baía de Montagu nas Bahamas. Após seis regatas a dupla assume e primeira colocação à frente de Negri e Lambertenghi (ITA) e de Mendelblat e Fatih (EUA). Os brasileiros obtiveram um primeiro, um segundo e dois terceiros lugares entre 25 tripulações. Torben e Madá estão em 15º, enquanto Zarif e Prada ocupam a 16ª colocação. Depois das 11 regatas (um descarte), previstas até sexta-feira, dez barcos seguirão às quartas de final.

Disputa equilibrada em Nassau (Martinez Studio / SSL)

Disputa equilibrada em Nassau (Martinez Studio / SSL)

Apenas quatro pontos separam os três primeiros: 10, 12 e 14 pontos perdidos. Apesar do bom desempenho, Diego Negri e Sergio Lambertenghi caíram para o segundo lugar, ao mesmo tempo em que Mark Mendelblatt e Brian Fatih caíram para terceiro. Quatro regatas, sete horas de disputas intensas e o calor tropical do Caribe testaram a determinação física e mental das tripulações. Cinco entre as dez equipes mais bem classificadas são VIPs, ou seja, convidadas pela Star Sailors League.

O campeão da SSL Finals em 2014, Mark Mendelblatt retornou otimista ao Nassau Yacht Club. “Em apenas uma das regatas não chegamos entre os cinco primeiros. Foi um grande dia para nós, com uma brisa agradável para se velejar. Estamos navegando de forma conservadora administrando o caminho da classificação. Eu adoro esse formato, apesar de ser extremamente difícil correr quatro regatas no mesmo dia”.

Velas cruzadas na SSL Finals (Martinez Studio / SSL)

Velas cruzadas na SSL Finals (Martinez Studio / SSL)

Três equipes vips aparecem após os três primeiros colocados, embora 20 pontos atrás. Jonas Høgh-Christensen (DEN) e Stevie Milne (GBR) em quarto lugar, Facundo Olezza (ARG) e Federico Melo (POR) em quinto, e Tonci Stipanovic e Ante Sitic (CRO) na sexta posição. A ascensão dos croatas foi meteórica. Começando o dia na indesejada 21ª colocação, o medalhista de bronze na Laser nos Jogos Rio 2016, Stipanovic, orientou a equipe e obteve quatro resultados entre segundo e sétimo lugares.

Vela ao vivo na internet – As regatas desta quinta começam às 14h de Brasília, com transmissão ao vivo no finals.starsailors.com. A Comissão de Regatas irá optar por três ou quatro largadas. Mais cinco regatas estão previstas entre quinta e sexta-feira (1º e 02/12). Sábado é dia de decisão para dez barcos, com quartas de final, seminal e final em sequência. A premiação geral do campeonato é de 200 mil dólares.

A SSL Finals transmite as regatas ao vivo, na íntegra, pela Internet com comentários de especialistas e de convidados especiais, incluindo Dennis Conner, quatro vezes vencedor da America’s Cup. Na água, a mais recente tecnologia em câmera de alta definição, bem como o Virtual Eye 3D, garantem emoção e completa visualização da raia aos fãs da vela. Em 2015, as transmissões diretamente de Nassau atingiram 100 mil acessos de audiência.

Líderes na Baía de Montagu (Martinez Studio / SSL)

Líderes na Baía de Montagu (Martinez Studio / SSL)

Classificação após seis regatas (um descarte)

  1. Scheidt/Maguila (BRA) – 10 pp
  2. Negri/Lambertenghi (ITA) – 12 pontos perdidos
  3. Mendelblat/Fatih (USA) – 14 pp
  4. Christensen/Milrie (DEN) – 34 pp
  5. Olezza/Melo (ARG/POR) – 35 pp
  6. Stipanovic/Sitic (CRO) – 37 pp
  7. Rohart/Ponsot (FRA) – 41 pp
  8. Zbogar/Bercz (SLO) – 45 pp
  9. Kuznierewicz/Zycki (POL) – 45 pp
  10. Fantela/Arapovic (CRO) – 53 pp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo