Sinpetro: Nota de Esclarecimento

Tendo em vista as informações veiculadas nos últimos dias pela imprensa nacional a respeito da possível redução dos preços da gasolina e do diesel em função das medidas adotadas pela Petrobras, o Sinpetro presta os seguintes esclarecimentos:

A definição dos preços dos combustíveis praticados pelos revendedores é regulada exclusivamente pelo mercado, não interferindo nessa política o governo e tampouco a Federação e os sindicatos do setor;

É oportuno lembrar que a queda anunciada pela Petrobras, de 2,7% sobre o litro do diesel e 3,2% sobre o da gasolina, se refere a comercialização nas refinarias, o que significa que os reflexos nas bombas dependem dos valores praticados pelas distribuidoras quando da venda dos produtos aos revendedores;

Nesse contexto, salientamos que cada distribuidora (BR Distribuidora, Ipiranga, Taurus, Shell, FIC, Small e outras) praticam a sua própria política de preços, relacionando-se com os revendedores de acordo com as suas próprias regras e procedimentos internos, levando-se em conta o potencial de venda de seus clientes, situação comercial comum em qualquer setor do mercado varejista;

Oportuno ainda ressaltar que as constantes altas de preço do etanol, em função da entressafra da cana-de-açúcar, interferiu na redução do preço, pois a gasolina comercializada no Brasil possui 27,5% de Etanol em sua composição, o que praticamente anulou a redução do preço da gasolina.

Por sermos a último elo da cadeia produtiva dos referidos produtos (gasolina, diesel e etanol), é importante ressaltar que a oscilação de preços nas bombas, tanto para redução como para aumento, depende única e exclusivamente do preço praticado pelas distribuidoras e pela concorrência de mercado, o que é bastante salutar, pois estabelecida a livre concorrência, desde que de forma leal, os reflexos são positivos para todos, sendo o maior beneficiado o consumidor, que  no ano de 2016 tem comprado a gasolina mais barata do Brasil, dentre todas as Capitais, conforme dados da ANP – Agência Nacional do Petróleo.

Campo Grande, 21 de outubro de 2016.

Diretoria Executiva do Sinpetro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo