Faixa e broche presidencial são encontrados no Palácio do Planalto

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A faixa e o broche de ouro e diamante da Presidência da República que supostamente havia desaparecido do cofre do Cerimonial do Palácio do Planalto foram encontrados nesta quarta-feira (17/07), segundo informações da Secretaria de Comunicação.

Em nota distribuída à imprensa, a Secretaria de Comunicação do Palácio do Planalto informou que a faixa presidencial foi localizada em outro cofre e o broche, encontrado embaixo de um armário. A Polícia Federal está neste momento periciando o local onde foi encontrado o broche, em busca de impressões digitais que podem identificar o funcionário que pegou o objeto.

“A Polícia Federal realiza perícia no local. A sindicância instaurada pela Secretaria de Controle Interno para apurar eventuais desaparecimentos de itens do patrimônio da Presidência da República segue em curso. O prazo para conclusão da sindicância é de 30 dias, prorrogáveis por mais 30”, diz um trecho da nota.

Presidente Dilma Rousseff colocando a Faixa Presidencial durante a posse em 2015 – Foto: Wenderson Araújo/AFP

Presidente Dilma Rousseff colocando a Faixa Presidencial durante a posse em 2015 – Foto: Wenderson Araújo/AFP

Ainda de acordo com a nota do Palácio do Planalto, a Faixa Presidencial nunca desapareceu da sede do executivo, tendo ocorrido apenas uma falha no sistema de informação.

Após as notícias envolvendo o suposto desaparecimento da Faixa Presidencial e de outros objetos, a Secretaria de Controle Interno da Presidência da República decidiu abrir uma sindicância para apurar o sumiço de alguns presentes recebidos pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pela presidente afastadas Dilma Rousseff.

Será realizado um levantamento de todo o patrimônio que pertence ao Governo Federal, com o objetivo de verificar se houve de fato extravio de algum objeto e/ou equipamento.

Informações preliminares de uma fonte do Palácio do Planalto, que preferiu não se identificar, revelam que o chefe do cerimonial da presidente Dilma Rousseff, Renato Mosca, teria feito questão de abrir o cofre onde estava a Faixa Presidencial, na presença dos demais funcionários do setor, para mostrar que o objeto estava completo e no local. A missão de guardá-la foi repassada para o funcionário que ficou no cargo durante a transição.

Um relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) divulgado à imprensa revela que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu durante sua gestão 568 presentes, mas que apenas 9 peças se encontram atualmente no acervo. Já a Presidente Dilma Rousseff recebeu 163 presentes, mas apenas seis foram catalogados como patrimônio da União.

Em nota distribuída à imprensa, a assessoria da presidente afastada disse que “todos os presentes recebidos pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pela presidente Dilma Rousseff foram corretamente classificados com a estrita observância da legislação aplicável e ao processo de registro documental do setor competente”.

Com relação a Faixa Presidencial, a assessoria de Dilma Rousseff disse que o objeto foi deixado intacto trancado no cofre do cerimonial do Palácio do Planalto assim que foi afastada do cargo, e que a responsabilidade pela guarda do mesmo passou a ser do presidente interino [Michel Temer].

Com informações das Agências Brasil e Estado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo