Carro de som conduzirá manifestação e balões serão soltos durante ato na capital

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Chegou o dia dos grupos favoráveis à saída definitiva do PT (Partido dos Trabalhadores) e ver o fim da corrupção voltar às ruas. A concentração dos movimentos ocorrerá hoje (31) no monumento Obelisco, na Avenida Afonso Pena, em Campo Grande, a partir das 15 horas. Um carro de som conduzirá o ato. A ação também será realizada em outras cidades do País.

Na Capital, a previsão é que os movimentos NasRuas, Pátria Livre, Movimento Democrático Pró Impeachment, Chega de Impostos, Fora Corruptos e Avança Brasil marchem do Obelisco até o prédio do MPF (Ministério Público Federal), onde integrantes dos movimentos permanecem acampados desde a última terça-feira (26).

Fabrícia Salles, uma das organizadoras da manifestação de hoje, relembra que os motivos da ação de cunho nacional são as seguintes: proteção à Operação Lava Jato, fim do foro privilegiado, prisão de políticos corruptos, “pressão” para que as 10 medidas contra a corrupção sejam aprovadas, além de defender o afastamento definitivo de Dilma Rousseff da Presidência da República.

“O STF precisa entender que lugar de corrupto é na cadeia, não queremos mai prazos para a votação final do impeachment. Basta de Corrupção”, enfatiza Fabrícia.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Lula réu

A notícia de que o ex-presidente Lula se tornou réu sob acusação de obstruir a Operação Lava Jato, inclusive, impulsionou ainda mais os grupos e, durante o protesto balões nas cores verde, amarela e azul serão soltos. Uma queima de fogos também será feita.

Os bonecos infláveis Pixuleco, Bandilma e um personagem vestido como policial da Polícia Federal farão uma espécie de teatro para interagir com a população. O acampamento erguido no canteiro da Afonso Pena será encerrado pouco antes do horário da manifestação.

Mais informações pelo telefone 67 98451-4300

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo