Delegacia da PF em Goiânia (GO) é atacada a tiros

Sede da Polícia Federal em Goiânia (GO) – Foto: Divulgação

Sede da Polícia Federal em Goiânia (GO) – Foto: Divulgação

A superintendência da Polícia Federal (PF) em Goiânia, capital de Goiás, foi atacada na noite desta terça-feira (19/07). Apesar do caos e do susto, ninguém ficou ferido no atentado.

De acordo com informações de testemunhas, homens fortemente armados e em um carro passaram pelo prédio, localizado na Avenida Edmundo Pinheiro de Abreu, no Bairro de Bela Vista, Região Sul da cidade, e atiraram. Agentes que estavam de plantão em uma guarita e na recepção se assustaram e revidaram, mas eles não ficaram feridos.

Os policiais que estavam no prédio se armaram e saíram para a rua em busca dos suspeitos, mas eles já haviam fugido em alta velocidade.

Segundo os policiais federais, os criminosos usaram armas de grosso calibre, tendo sido encontrado na calçada e no asfalto cápsulas deflagradas. Uma perfuração de bala em uma das grades do Parque Areião, na frente da Superintendência da PF, também foi encontrada, o que indicada que o local também foi atingido.

Em nota distribuída à imprensa, a Superintendência da PF em Goiás informou que na manhã de hoje foi instaurado um inquérito policial para apurar as circunstâncias do ataque e, se possível, identificar os autores.

A Assessoria da PF disse ainda que “repudia veementemente esse tipo de crime, o qual afronta o Estado Democrático de Direito”, e reafirmou que “o compromisso da Polícia Federal com o combate ao crime organizado está mantido”.

Nas imediações da sede da PF em Goiânia existe vários prédios residenciais, além do Estádio da Serrinha, que pertence ao Goiás Esporte Clube”. Imagens das câmeras de vigilância já foram solicitadas e devem auxiliar na identificação dos suspeitos.

O atentado aconteceu no mesmo dia em que 150 agentes da corporação atuaram em uma megaoperação que desmantelou um esquema de fraudes na Previdência Social. Ao todo, foram cumpridos 28 mandados de condução coercitiva e 17 de busca e apreensão em Goiânia e em outros seis municípios.

Com informações das Agências Estado e Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo