Prefeitura decreta situação de emergência em Tacuru (MS) por causa das chuvas

Erosão na área rural de Tacuru (MS) coloca em risco o escoamento da safra agrícola, podendo acarretar sérios prejuízos ao município – Foto: José Carlos Coelho/Prefeitura de Tacuru

Erosão na área rural de Tacuru (MS) coloca em risco o escoamento da safra agrícola, podendo acarretar sérios prejuízos ao município – Foto: José Carlos Coelho/Prefeitura de Tacuru

A Prefeitura Municipal de Tacuru, a 407 km de distância de Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul, decretou na manhã desta terça-feira (07/06) estado de emergência em todo o município, em decorrência dos danos à infraestrutura causados pelas fortes chuvas que atingiram a região.

De acordo com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura, o temporal que atingiu o município danificou ainda mais vários bairros, incluindo a zona rural.

As constantes chuvas que desde dezembro de 1015 vem atingindo a cidade causaram danos consideráveis, principalmente em estradas rurais e vias públicas urbanas.

O decreto foi homologado pelo Governo Estadual e publicado no Diário Oficial do Estado. O município poderá a partir de hoje, receber verbas públicas estaduais e da União.

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul também homologou o Decreto que estabelece estado de emergência nos municípios de Anaurilândia e Iguatemi, também castigados pelas fortes chuvas. Já o decreto do município de Eldorado está em análise.

Ainda segundo a Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Tacuru, as fortes chuvas que atingiram o município em dezembro de Tacuru causaram sérios danos a infraestrutura, e a situação se agravou no início deste ano, depois dos fortes temporais.

Os danos mais sérios são na zona rural, onde foram registradas erosões consideráveis em cabeceiras de rios e córregos. Na área urbana, vias públicas foram danificadas e a rede de drenagem de águas pluviais e bueiros entraram em colapso, tendo alguns sido destruídos pelas fortes correntezas.

Por causa das chuvas, o escoamento da safra agrícola do município e o transporte escolar foram afetados, já que as estradas vicinais ficam intransitáveis.

O Decreto de Estado de Emergência em Tacuru tem validade por 180 dias, e nesse período haverá o repasse de verbas públicas estadual e federal. A prefeitura ainda está contabilizando os prejuízos.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Tacuru/MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo