Museu Lídia Baís: arte contemporânea e tradicional num só lugar

Morada dos Baís no Centro de Campo Grande (MS) – Foto: Edemir Rodrigues

Morada dos Baís no Centro de Campo Grande (MS) – Foto: Edemir Rodrigues

Campo Grande (MS) – Já quase finalizando a Semana Nacional dos Museus, há o destaque para um importante museu da capital, o Museu Lídia Baís.  É um dos cartões postais que fica no centro de Campo Grande na Morada do Baís.  Ao adentrar nas dependências se respira muita história de artistas consagrados, mas também de atuais onde há o encontro inclusive de gerações. No museu há acervos de Jorapimo, Conceição dos Bugres e Abílio, Ilton Silva e de Lídia Baís. Por dia cerca de 300 pessoas passam pelo museu.

As obras de Conceição dos Bugres estão próximas da de seu filho Ilton Silva. A mãe escultora, famosa por seus bugrinhos utilizando arte “primitivista” e seu filho com obras de artes plásticas, tendo iniciado seu oficio aos 13 anos e hoje com 73, ainda pinta telas que se destacam pelo país e pelo mundo. No Museu também estão obras de Jorapimo, reconhecidamente um dos artistas que melhor retratou o pantanal sul-mato-grossense.

Museu Lídia Baís em Campo Grande (MS) – Foto: Edemir Rodrigues

Museu Lídia Baís em Campo Grande (MS) – Foto: Edemir Rodrigues

Ainda ao percorrer as salas onde estão abrigadas as obras, há um espaço dedicado exclusivamente para Lidia Baís. Seus pertences, relíquias, mobiliários, suas telas, retratos, até um manuscrito escrito por ela e que depois foi impresso como livro. É como se alma da artista ainda permanecesse naquele lugar impregnado de história, afinal ela ali viveu boa parte de sua vida junto com seu marido Bernardo Franco Baís.

A Morada do Baís teve sua construção concluída em 1918, tendo sido tombada como patrimônio histórico do município em 1986. Em 1990 foi restaurada pelos arquitetos Regina Mauro Lopes Costa, Fernando Antônio Castilho e Mário Sérgio Sobral e em 1995 sofreu uma grande reforma. Atualmente a Morada do Baís está sob a responsabilidade do Sesc (Serviço Social do Comércio) desde 2015 em parceira com Prefeitura de Campo Grande.

Museu Lídia Baís em Campo Grande (MS) – Foto: Edemir Rodrigues

Museu Lídia Baís em Campo Grande (MS) – Foto: Edemir Rodrigues

Para Franciele Gadotti, assessora de cultura do Sesc, o museu é um lugar onde se faz uma interface com os artistas locais e sua importância se dá quando se “revitaliza, oxigena e faz esse espaço ser utilizado de forma ampla e de multiuso e não somente de exposição, sendo pensado como centro de cultura, de confluência, um lugar de encontros e de manifestações culturais”, destaca Gadotti.

A Morada do Baís está localizada na Av. Noroeste, 5140 e funciona de terça à sexta-feira das 8h às 11h30 e das 14h às 17h, e aos sábados das 10h às 14h30 e das 15h30 às 18h

Semana Nacional de Museus

Desde o último dia 15 até o próximo dia 22, uma programação intensa tem acontecido nos Museus da capital e do interior. Hoje 19/05 (quinta-feira) haverá a palestra “Expressões Identitárias” com a Profª Drª Icléia Albuquerque de Vargas da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul que será realizada no MIS (Museu da Imagem e do Som). Confira toda a programação em http://guiadaprogramacao.museus.gov.br/.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo