Tiroteio entre policiais e suspeitos deixa pelo menos 4 mortos e 2 feridos em Porto Alegre (RS)

Foto: BM/RS – Divulgação

Foto: BM/RS – Divulgação

Um tiroteio ocorrido na tarde desta sexta-feira (22/04) em frente ao Hospital Cristo Redentor, localizado na Rua Marajó, no Bairro Vila Ipiranga, na Zona Norte de Porto Alegre, capital do Estado do Rio Grande do Sul, causou a morte de pelo menos quatro pessoas e deixou outras duas feridas.

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação da Brigada Militar (BM), o tiroteio aconteceu quando policiais do 11º Batalhão realizavam uma abordagem a dois veículos, um modelo Honda Civic, e outro modelo Hyundai i30, com pelo menos quatro ocupantes em cada um.

Ao se aproximarem dos carros, os policiais foram recebidos a bala, mas eles revidaram. Os suspeitos aceleram e empreenderam fuga, sendo então perseguidos.

Foto: BM/RS – Divulgação

Foto: BM/RS – Divulgação

Durante a perseguição os suspeitos voltaram a atirar contra os policiais, tendo uma das viaturas sido atingida. Os brigadianos solicitaram apoio via rádio, e uma barreira policial foi montada.

Ao perceberem que estavam cercados, os suspeitos começaram a atirar contra os policiais, que voltaram a revidar. Quatro suspeitos foram mortos e dois policiais ficaram feridos levemente, tendo um sofrido um tiro de raspão em um dos braços.

Dois suspeitos conseguiram fugir do local, mas deixaram para trás as armas, que foram apreendidas. Buscas estão sendo realizadas em toda a cidade para tentar localizá-los.

Os corpos dos quatro suspeitos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML), onde serão realizados todos os exames de praxe e onde serão identificados.

Foto: BM/RS – Divulgação

Foto: BM/RS – Divulgação

Já os dois policiais feridos foram socorridos e levados a um hospital da região. Ambos foram medicados e liberados.

Em um dos carros foram encontrados e apreendidos um fuzil calibre 5,56, além de três pistolas. Os veículos também foram apreendidos e levados para o pátio de uma delegacia, onde serão periciados.

Por causa do tiroteio, o Hospital Cristo Redentor suspendeu o atendimento aos pacientes e imediatamente fechou as portas. A segurança foi reforçada.

O atendimento a novos pacientes e a visita a pacientes que se encontram internados no estabelecimento de saúde estão temporariamente suspensos, até que as polícias Civil e Militar liberem a via pública que dá acesso ao hospital.

Com informações da Assessoria de Comunicação da BM/RS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo