Responsabilidade Social: Primeira fase do Agrinho capacita mais de 600 educadores para 2016

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Mais de 600 professores, coordenadores e diretores de escolas públicas que participam do Agrinho receberam, até o momento, a capacitação sobre a metodologia pedagógica do Programa, de responsabilidade social, desenvolvido pelo Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de MS. Esta é a primeira fase do Programa que já atendeu 60 mil estudantes do ensino fundamental no Estado e alcançará 358 instituições de ensino este ano. A capacitação segue até o final do mês de maio.

No treinamento são repassadas instruções do programa aos educadores, como apresentação de diretrizes, as parcerias, atividades e sugestões de temas relacionados ao campo e cidade. “O Programa trabalha com temáticas importantes para o incentivo à preservação do meio ambiente, saúde e cidadania. O momento também é oportuno para o repasse de experiências vividas em outros estados, como é no caso do Paraná e de Goiás, que utilizam diferentes formatos na aplicação em sala de aula e complementam os elementos que podem ser usados com os alunos”, explica a coordenadora educacional do Senar/MS, Terezinha Cândido.

O repasse de instruções que deu início em fevereiro já passou por Ponta Porã, Figueirão, Inocência, Paraíso das Águas, São Gabriel do Oeste, Nioaque, Camapuã, Caarapó, Dois Irmãos do Buriti. Os multiplicadores da iniciativa – veteranos e novatos – recebem treinamento com duração de quatro e oito horas, respectivamente. Até o final do período previsto, a equipe do Senar/MS percorrerá 40 cidades.

O Agrinho será lançado oficialmente no dia 14 de abril, às 9h30, na sede da Casa Rural que fica na Rua Marcino dos Santos, 401 – Chácara Cachoeira. Na ocasião serão assinados os termos de cooperação com o Governo do Estado e com as prefeituras que aderiram ao Programa. Participam do evento lideranças políticas estaduais e municipais, representantes das escolas participantes, entre outros.

Sobre o Agrinho MS – O Agrinho é desenvolvido em parceria com o Governo Estadual por meio das Secretarias de Estado de Educação, Semade – Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Sepaf – Secretaria de Estado de Produção e Agricultura Familiar e da SECTEI – Secretaria de Cultura, Turismo, tecnologias e Inovação e com as Prefeituras Municipais, por meio das Secretarias Municipais de Educação e os 68 Sindicatos Rurais vinculados à Famasul.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo