PMA apreende carregamento ilegal de madeira na MS-489, próximo a Naviraí (MS)

Foto: PMA/MS – Divulgação

Foto: PMA/MS – Divulgação

A Polícia Militar Ambiental (PMA) em Mato Grosso do Sul divulgou na manhã deste domingo (20/03), a informação de que policiais da corporação conseguiram apreender na Rodovia MS-489, nas proximidades do município de Naviraí, a 359 km de distância de Campo Grande, capital do Estado, um carregamento ilegal de madeira. O motorista da carreta, de 53 anos, foi autuado administrativamente e multado em R$ 15,9 mil.

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação da PMA/MS, o flagrante aconteceu na noite de sábado (19/03), por volta das 20h45min (horário de MS), no km 2 da rodovia, durante uma fiscalização de rotina.

Segundo os dados que constam no Auto de Infração (AI), os quais foram repassados à imprensa, policiais militares ambientais faziam a fiscalização quando avistaram uma carreta transportando madeiras trafegando pela rodovia, e sinalizaram para que o condutor parasse o veículo.

Durante a abordagem, os policiais checaram os documentos do motorista e da carreta, e constataram que os mesmos estavam aparentemente em ordem. Ao questionarem sobre o Documento de Origem Florestal (DOF), obrigatório para quem deseja fazer o transporte de produtos de madeiras, o condutor apresentou um documento onde constatava autorização para fazer o transporte de apenas 22m³.

Foto: PMA/MS – Divulgação

Foto: PMA/MS – Divulgação

Na carreta foram encontradas e apreendidas 37m³ de madeiras de árvores da espécie Itaúba, cortadas em formato de estacas para cerca. A carga saiu do município de Feliz Natal (MT) com destino a cidade de Xambtê (PR).

Diante dos fatos apresentados, o motorista foi autuado e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Naviraí, onde todas as providências cabíveis foram tomadas.

Já a empresa responsável pela carga, com sede em Feliz Natal (MT), também foi autuada e multada e seus proprietários podem responder a processo por crime ambiental. Caso sejam condenados pela Justiça, os infratores poderão pegar penas que variam de 6 meses a 1 ano de detenção.

A carreta e o carregamento de madeira foram apreendidos e levados para a Delegacia de Polícia Civil de Naviraí, onde permanecerão a disposição da Justiça.

Com informações da Assessoria de Comunicação da PMA/MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo