Sentimento Louco

Cantora e compositora Marília Mendonça – Foto: Divulgação

Cantora e compositora Marília Mendonça – Foto: Divulgação

Me diz que sou o seu amor

E vai embora antes do dia amanhecer

Eu sei que é errado e que vai entender

Você é casado e eu não quero perder

Eu sei tá com ela mais amo você

Você e ela não tem nada haver

Sou mais eu e você

*Fragmento de Sentimento Louco Compositor: Marília Mendonça / Juliano Tchula / Elcio Di Carvalho

 

Cantora e compositora Marília Mendonça – Foto: Divulgação

Cantora e compositora Marília Mendonça – Foto: Divulgação

Para muitos pesquisadores e críticos musicais aos quais me incluo, a música sertaneja é centenária, mas certamente veio sofrendo diversas modificações. Entretanto é pacífico que o pioneiro do gênero foi o jornalista e escritor Cornélio Pires. Ele podia ser considerado um grande mecenas pois levava para os grandes centros os costumes dos “caipiras” através de encenações teatrais e cantores de época. Por volta de 1912, ele lançou o livro “Musa Caipira” recheado de versos típicos. Já nos anos 20 foi realizada uma semana para divulgação da arte brasileira sendo montado pela primeira vez apresentações com instrumentos tais que a viola caipira e demonstrado os ritmos da moda de viola, do Lundu e Cururu valorizando o trabalho de Cornélio Pires. Entretanto os primórdios registrados contam de 1924 (A turma caipira de Cornélio Pires) aonde participavam Caçula e Sorocabinha. Mesmo assim o primeiro registro fonográfico do sertanejo aconteceu em 1929 quando Cornélio, decidiu tirar do próprio bolso o dinheiro para a gravação e edição do primeiro álbum, que em poucos dias de lançamento esgotou-se nas lojas brasileiras. E, certamente, esta dificuldade não é mérito apenas da música sertaneja. Na verdade, como tantas coisas na vida, sabemos que tudo tem seu preço.

E este espírito inovador e intemerato que a cantora e compositora Marília Mendonça colocou na bagagem e colocou o pé na estrada. Centrada, ela tem como lema uma das frases da inesquecível Elis Regina: “ Só vai tomar Champanhe comigo quem comeu grama comigo” E ela complementa: “ A minha pretensão é passar a minha verdade, eu bebo, eu sorrio e choro como toda mulher apaixonada” “É preciso alongar a coragem e deixar o peito aberto. Nada é ais forte que a fé em Deus e na esperança que algo pode dar certo. Mas sobretudo precisamos acreditar mais no amor do que no ódio ou na inveja e sem isso nossas inquietudes apequenariam as nossas convivências. Certamente alguém perguntaria como tendo tão tenra idade pode ter tanta inspiração para compor sobre relacionamentos.  E ela explica: “comecei muito cedo nos amores da vida. A primeira música que fiz, aos 12 anos (Minha Herança – gravada por João Neto e Frederico em 2011) foi sobre um namorado que me largou no ano novo e eu expressei em forma de canção”

Essa goiana guerreira começou sua carreira no meio musical como compositora e depois que conheceu e começou a compor em parceria com Juliano Tchula o sucesso abriu as portas de vez. A dupla Henrique e Juliano já gravou 3 canções dela (Até você voltar, cuide bem dela e quem ama entende). Outros artistas como Cristiano Araújo, Lucas Lucco e Jorge & Mateus também já interpretam músicas de sua autoria. Em julho do ano passado ela lançou seu primeiro álbum chamado “ Marília Mendonça” e em agosto fez seu primeiro show já com grande público. Foi o caso de Floresta no Sertão de Itaparica, como show acontecendo no Parque das Caraibeiras e depois na cidade de Triunfo, nas comemorações de fim de ano da cidade, em fevereiro Turitama/PE, no Gerônimo em Cuiabá/MT os ingressos de camarote se esgotaram em apenas 6 horas de venda. e chega assim em apenas 5 meses de carreira, com agenda de 15 shows por mês e se apresenta em Campo Grande em 19 de fevereiro, uma sexta feira no Spazio, Avenida Afonso Pena. É só conferir e lembrar de tantos sucessos que já são conhecidos. E ela finaliza a entrevista dando um recado”. É saudável ter esperança em meio ao caos ou mesmo que ela pareça não ter sentido algum” e claro, o que se faz nesta vida sem amor e sem esperança?

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Confira a agenda de shows de Marília Mendonça – Fevereiro de 2016:

01 – Tacaratu/PE (SEGUNDA-FEIRA)

Festa da Padroeira de Tacaratu 2016 (Nossa Senhora da Saúde)

02 – Toritama-PE (TERÇA-FEIRA)

Festa Tradicional de Toritama

05 – Redenção/PA (SEXTA-FEIRA)

06 – Dianópolis/TO (SÁBADO)
Local: Zorra
Informações: (63) 9216-9322

07 – Gurupi/TO (DOMINGO)

Sede do Bloco Bejá
Informações: (63) 8107-8880 / (63) 8412-5336 /www.primeingressos.com.br

12 – Água Boa/MT (SEXTA-FEIRA)
Local: AAAB
Informações: (66) 9966-3840 / 9983-2491

13 – Jussara/GO (SÁBADO)

Local: Clube do Laço
Informações: http://www.ticpass.com.br/detalhesitens.aspx?cod_evento=1347

19 – Campo Grande/MS (SEXTA-FEIRA)
Local: Spazio
Informações: 9263.8778 (Whats)
http://www.facebook.com/santoshowoficial/timeline

20 – Cuiabá/MT (SÁBADO)
Local: Gerônimo West Music

26 – Ilha Solteira/SP (SEXTA-FEIRA)
Local: Villa Dos Pássaros “Arena Eventos”

(*) Crítico Musical e Articulista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo