Naufrágio no Mar Egeu deixa pelo menos 10 mortos e 2 desaparecidos

Um barco com imigrantes sírios naufragou na manhã desta quarta-feira (23/12) nas proximidades da Ilha de Farmakonissi, no Mar Egeu, na Grécia, causando a morte de pelo menos 10 pessoas, incluindo cinco crianças, e deixando outras duas pessoas desaparecidas.

De acordo com informações das principais agências internacionais, a embarcação era precária, e os imigrantes estavam fugindo da Guerra Civil na Síria.

Informações da Agência de Notícias ANA, 13 imigrantes foram resgatados com vida pela Guarda Costeira Grega, e todas foram levadas para acampamentos.

Este novo naufrágio no litoral da Grécia acontece horas depois que a Organização das Nações Unidade (ONU) juntamente com a Organização Internacional para as Migrações (OIM), emitiram um comunicado oficial em conjunto informando que cerca de um milhão de imigrantes conseguiram entrar na Europa em 2015.

Deste total, 821 mil imigrantes passaram pela Grécia, sendo que 816 chegaram ao país através do mar.

Autoridades turcas e gregas informaram agora a pouco, que na tarde de terça-feira (22/12) um barco com imigrantes naufragou no litoral da Turquia, causando a morte de 11 imigrantes, incluindo três crianças. Eles estavam viajando para a Grécia.

Dados da OIM revelam que cerca de 3.700 imigrantes, a maioria vindos da Síria, morreram e/ou desapareceram este ano no mar em decorrência de naufrágios de embarcações, sendo 700 no Mar Egeu e 3 mil no Mar Mediterrâneo. Todos tentavam chegar a Itália.

Com informações das Agências France Presse e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo