Alunos da Escola São Gabriel reaproveitam água de ar condicionado para irrigar horta suspensa

Foto: Reprodução do FB

Foto: Reprodução do FB

A Escola Estadual São Gabriel no município de São Gabriel do Oeste-MS, vem se destacando no oferecimento de projetos interdisciplinares no contra turno aos alunos.

Nesse sentido buscando promover a interação entre os estudantes e comunidade escolar e a sustentabilidade ambiental alunos do 8º ano B da escola, mobilizados pelo Projeto Agrinho criaram a Horta Suspensa de temperos e ervas.

Segundo a aluna Eduarda Gallerany Merlo, os estudantes do 8º ano B, a fase inicial do projeto foi iniciada há cerca de seis meses sob a orientação da Professora Patrícia Pinto, quando diversas pesquisas foram realizadas para a elaboração do plano de trabalho para a horta suspensa e conta com 38 alunos.

Nessa fase foram também escolhidos os padrinhos do projeto: O agrônomo Wellingthon de Matos dos Reis que junto com o Técnico em Agropecuária Renato, deram aulas prática de como preparar o solo, fazer drenagem e começar uma horta e José Borges, carinhosamente conhecido como “Tio Borges”, que auxiliou os estudantes no uso das ferramentas. Assim aliando teoria e prática, os estudantes demonstraram carinho e respeito pela terra.

O Projeto foi exposto e chamou muita atenção na Mostra Cultural que aconteceu no CCTA (Centro Cultural de Tradição e Amizade), de São Gabriel do Oeste, onde aconteceu o 14º Encontro de Educadores e a 13ª Semana Pedagógica da região.

Foto: Reprodução do FB

Foto: Reprodução do FB

Sustentabilidade                             

Foto: Reprodução do FB

Foto: Reprodução do FB

A preocupação em reutilizar a água que pinga dos aparelhos de ar condicionado das salas de aula foi a inspiração para o reuso da água para irrigar a Horta Suspensa.

Foi então construído um sistema de captação de água dos ares condicionados, criando o sistema de gotejamento para a irrigação, fase que teve apoio dos funcionários do SAAE, na orientação do trabalho de encanamento.

Para Eduarda Merlo, outros benefícios trazidos pelo projeto, foram o estreitamento das relações dentro do ambiente escolar e no grupo e a conscientização sobre o uso da água como o direito de todo cidadão, sem desperdício.

O projeto foi executado com a orientação e incentivo da professora Patrícia Pinto, que com as orientações, estímulo para que todas as etapas pudessem ser realizadas e vividas e hoje já é uma realidade na escola. A merenda escolar já está sendo enriquecida com os temperos produzidos na Horta suspensa.

“O projeto me fez acreditar que posso fazer diferença, sim, em qualquer lugar e este é meu maior prêmio”, afirma Eduarda que participou do processo e se envolveu de fato.

Agrinho

Foto: Reprodução do FB

Foto: Reprodução do FB

O Agrinho é um programa de responsabilidade social desenvolvido em parceria com o Governo Estadual, Prefeituras e diversas empresas e instituições privadas.

O Agrinho nasceu em 1995 no Paraná e trabalha com as escolas (professores e alunos) da rede pública de ensino tanto estadual como municipal, desenvolvendo uma proposta pedagógica com base na interdisciplinaridade e na Pedagogia da Pesquisa, sendo os temas relacionados à Ética, Cidadania, Saúde, Alimentação, Desenvolvimento Sustentável e Produção de Alimentos, com enfoque da Preservação Ambiental.

Participam do programa crianças do 1º ao 9º ano do ensino fundamental, com o objetivo de garantir que, ainda na fase inicial de sua formação escolar, tenham contato com assuntos que as façam desenvolver a consciência ambiental crítica e reflexiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo