Mais de 200 pessoas conhecem o Programa Proteção de Nascentes, em Bonito

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Na propriedade que fica a 10 quilômetros do centro de Bonito, o produtor rural Antônio Paulo Biolo cria vaca leiteira, galinhas, porcos, carneiros, codornas e coelhos. Além dessa variedade pecuária, o produtor também tem uma nascente que está cadastrada no Programa Proteção de Nascentes da CNA – Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil e do Senar – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural. O cadastro foi feito na última sexta-feira (23), em ação realizada pelo sindicato rural do munícipio contou com a participação de mais de 200 pessoas.

“Estava no mercado quando soube da ação de divulgação do Programa. Chegando lá, vi crianças explicando como é possível preservar a água da propriedade rural e pessoas falando da necessidade de preservação do meio ambiente. Na hora identifiquei a nascente da propriedade”, comenta Biolo. Agora o produtor irá cercar 250 metros que irão proteger a água e fazer plantio de árvores ao redor da nascente. As medidas fazem parte dos cinco passos da cartilha do Programa e foi o tema dos desenhos feitos por crianças e adolescentes em idade escolar, que foram expostos na praça.

O Programa iniciou em março deste ano e quer alcançar, até o final de 2015, 1.000 cadastros de nascentes em áreas rurais em todo território nacional. Com o tema ‘Proteja uma nascente em um dia’, a iniciativa é desenvolvida em 27 estados brasileiros e está mobilizando os sindicatos Rurais de Mato Grosso do Sul.

O objetivo da ação realizada em Bonito inicialmente era conscientizar sobre a preservação ambiental. Surpreendentemente, a iniciativa acabou levando ao cadastramento de novas nascentes. “O sindicato teve resposta instantânea. No mesmo dia foram cadastradas mais três nascentes, passando de 13 para 16 nascentes do município inseridas no Programa. Com o trabalho da mobilização local, a estimativa é que mais 50 sejam cadastradas na região até o final do ano”, explica o coordenador do Programa, Pedro Bigaton.

Participaram da ação, o vice-presidente da Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS, Nilton Pickler; o presidente do Sindicato, Marcelo Bertoni; a vereadora do município, Ozair Bigaton, e secretária executiva do sindicato, Michele Flores. As crianças do grupo de Patrulha Mirim, do Instituto Família Legal e os mascotes do Programa Agrinho distribuíram mudas de árvores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo