Órgãos públicos, grandes e pequenos negócios se reúnem em Dourados (MS)

Encontro aconteceu durante Rota do Desenvolvimento, que segue até domingo com diversas atividades.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Na manhã desta sexta-feira, 23 de outubro, proprietários de pequenos negócios tiveram a oportunidade de se reunir com representantes de órgãos públicos e grandes empresas, denominados âncoras por conduzir a dinâmica e esclarecer aos participantes os procedimentos necessários para se tornar um fornecedor de bens e serviços.

A iniciativa faz parte do Fomenta, programa desenvolvido pelo Sebrae, e foi realizada no Pavilhão Dom Teodardo Leitz, em Dourados, durante a Rota do Desenvolvimento. O intuito é preparar pequenos empreendimentos locais a participar de processos licitatórios, com informações sobre o cadastramento da empresa na central de compras governamentais, requisitos para atendimento à demanda e outros detalhes sobre como participar de pregões.

Ao todo, estiveram presentes no evento 50 pequenos negócios e 13 âncoras, entre órgãos públicos e grandes empresas. “Houve participação de vários municípios da região, que trouxeram caravanas de empresários. Nosso objetivo foi alcançado, que é esta integração entre eles. Desejamos exatamente isso, que todos conversem, troquem contatos e entendam os procedimentos para vender”, afirma Carlos Henrique de Oliveira, analista técnico do Sebrae/MS.

O tenente Bortuluzi e o subtenente Clayton, representando o general Matsuda pelo Comando da 4ª Brigada – Cavalaria Mecanizada, ressaltou que o evento é importante não só para transmitir informações, como também fomentar o desenvolvimento local. “Compramos uma média de R$ 10 milhões por ano, mas a maioria deste dinheiro não fica aqui. Nós e outros batalhões gostaríamos de contar com maior participação de fornecedores locais”, afirmou o tenente Bortuluzi.

Para fornecer a órgãos públicos, é necessário primeiramente se cadastrar no Sicaf – Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores (mais informações em www.comprasgovernamentais.gov.br, que traz a lista de documentos e procedimentos necessários).

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Frank Guimarães, proprietário de um restaurante em Dourados, esteve em busca de possíveis empresas para fornecer marmitex e negociar convênio. “É uma oportunidade de negócios que todo comerciante tem que participar e estar focado. Gera interatividade com futuros clientes”, afirma. Para o empresário, o potencial da cidade supera o momento de crise; e engana-se quem pensa que o otimismo de Frank está apenas no discurso. “Há 15 dias, abri outro negócio na cidade, uma casa de salgados, e não me arrependo. Quem está aqui não pensa em crise, pensa em trabalho, em oportunidades”, garante.

O representante comercial Leandro Borges, que já participou do Fomenta e Rodadas de Negócios promovidas pelo Sebrae em outras cidades do estado, marcou presença em Dourados para saber mais sobre novos mercados para venda de materiais elétricos, agrícolas e de solda das empresas às quais representa. “A vantagem é que encontramos responsáveis pelo setor de compras de várias empresas em um só lugar”, garante. O mesmo benefício é percebido por Everso Bloemer, gerente de uma empresa de produtos siderúrgicos de Dourados, âncora do encontro. “Às vezes, não se consegue chegar à pessoa certa para negociar. Aqui, temos um método eficaz de prospecção”, diz.

Serviço

As inscrições para a Rota do Desenvolvimento em Dourados são gratuitas e podem ser feitas através do site www.rotadodesenvolvimentoms.com.br.  Outras informações são obtidas pela Central de Relacionamento, pelo telefone 0800 570 0800.

São realizadores do evento: Governo do Estado de Mato Grosso do Sul (por meio da Semade), Sebrae, Sesc, Senac, Senai, Sesi, IEL, Senar, Sest Senat, e Sistema OCB/MS. Apoiam a iniciativa: Amems, Assomassul, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Faems, Fundect, Prefeitura Municipal de Dourados, Sistema Famasul, Sistema Fecomércio MS, Sistema Fiems e UFMS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo