CCR MSVia atende a mais de 900 caminhoneiros com o Estrada para a Saúde na BR-163/MS

Desde o início, em novembro, crescimento do número revela interesse cada vez maior dos motoristas. Organizadores se surpreendem com usuários que retornam para novas consultas.

Estrada para a Saúde – Foto: Rachid Waqued

Estrada para a Saúde – Foto: Rachid Waqued

Na última terça-feira (22), a CCR MSVia ultrapassou a marca de 900 atendimentos gratuitos oferecidos aos caminhoneiros da BR-163/MS por meio do programa Estrada para a Saúde. Iniciado em novembro de 2014, o Programa atendeu na terça a mais 90 caminhoneiros, totalizando 926 motoristas atendidos em 11 edições.

Segundo Lígia Elena de Castro, responsável pelo Programa, os motoristas estão acostumando a usufruir dos exames clínicos gratuitos oferecidos pelas ações da CCR MSVia e comparecem cada vez mais.

“Nesta terça-feira, tivemos 90 caminhoneiros atendidos o que mostra o grande interesse dos profissionais do volante nesse tipo de serviço oferecido pela Concessionária”, afirma Lígia Elena.

A ação acontece mensalmente. Em um dia da semana, a CCR MSVia instala toda uma infraestrutura especial de atendimento em um posto de serviços localizado às margens da BR-163/MS. Das 15h às 21h, são oferecidos exames clínicos gratuitos como medição de colesterol e Índice de Massa Corpórea (IMC), testes de diabetes e triglicérides, além de aferição de pressão arterial. Eventualmente, também são disponibilizadas vacinas contra doenças como difteria e tétano (dupla adulto) e hepatite B. Todos os serviços serão gratuitos.

De acordo com os dados do Programa, um fenômeno tem chamado a atenção dos organizadores. Motoristas que já passaram por exames clínicos em edições anteriores voltam para novos exames nos postos onde o Programa acontece.

“Ao todo, 59 motoristas que já haviam feito exames em edições anteriores voltaram para novas consultas, o que demonstra o acerto da ação, que vai ao encontro do interesse dos profissionais do volante”, diz Lígia Elena de Castro. “O motorista de caminhão é um profissional que quase não tem tempo para cuidar da própria saúde, por isso, quando percebe que o serviço é gratuito e é disponibilizado em um posto de serviço em horários em que ele pode parar, ele aproveita”.

A ação desta terça aconteceu no Posto Kátia Locatelli, localizado em Campo Grande, na altura do km 462 da BR-163/MS, e contou com o apoio do próprio Posto Kátia Locatelli, da Escola Padrão (serviços de enfermagem) e LUNIIV – Escola Técnica para Iniciantes e Profissionais de Beleza (corte de cabelo).

Ao final do circuito, o participante recebe uma carteira de acompanhamento contendo todas as informações obtidas durante o evento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo