PM prende motorista em bairro de Campo Grande (MS) por porte ilegal de arma de fogo

A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul divulgou na manhã desta sexta-feira (18/09), a informação de que policiais da corporação, lotados no Batalhão de Força Tática, conseguiram prender em flagrante em um dos bairros de Campo Grande, capital do Estado, um motorista de 41 anos, por porte ilegal de arma de fogo e munições.

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação do Comando Geral da Polícia Militar (CGPM), a prisão do motorista, identificado pelas iniciais L. A. A., e a apreensão da arma e das munições, aconteceram na madrugada de hoje, por volta das 00h05min (horário de MS), em uma das ruas do Bairro Jardim Tijuca, após a corporação ter recebido uma denúncia anônima.

Segundo os dados que constam no Boletim de Ocorrência (BO), a corporação recebeu uma denúncia de que um homem armado com uma pistola estaria trafegando em um veículo pelas ruas do bairro, e solicitaram ajuda da Polícia Militar.

Uma equipe da Força Tática da Polícia Militar foi enviada para a região, tendo os policiais localizado o veículo suspeito, descrito na denúncia, uma caminhonete modelo Ford Ranger, de placas NRW-9618, estacionado próximo a uma pizzaria. Ao ver a viatura policial, o motorista ligou o motor do veículo e deu partida no mesmo.

Os policiais sinalizaram para que o condutor parasse o veículo, e durante a abordagem, eles checaram os documentos, tanto do motorista quanto os da caminhonete, constatando que os mesmos estavam aparentemente em ordem.

No entanto, durante a vistoria realizada no veículo, os policiais militares encontraram e apreenderam no banco dianteiro da caminhonete, uma pistola modelo PT 138, calibre 38, um carregador, e 22 munições de mesmo calibre.

Diante dos fatos, os policiais militares deram voz de prisão ao suspeito, que juntamente com o veículo, a arma e as munições, foi encaminhado para a Delegacia de Pronto Atendimento (Depac) do Bairro Piratininga.

O suspeito foi autuado por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, e foi encaminhado a um presídio da capital. A caminhonete foi levada para o pátio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) da capital.

Com informações da Assessoria de Comunicação do CGPM/MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo