DOF apreende 2 pistolas de uso restrito em bairro de Coxim (MS)

Foto: Edição de Notícias/Cortesia

Foto: Edição de Notícias/Cortesia

O Departamento de Operações de Fronteira (DOF) em Mato Grosso do Sul divulgou na tarde desta terça-feira (21/07), a informação de que policiais da corporação conseguiram apreender no município de Coxim, a 253 km de distância de Campo Grande, capital do Estado, duas pistolas de uso restrito do Exército Brasileiro. Três rapazes foram presos em flagrante.

De acordo com as informações da Assessoria de Comunicação do DOF/MS, a apreensão das armas e a prisão dos suspeitos aconteceram na manhã de hoje, por volta das 11h37min (horário de MS), durante uma operação em conjunto realizada pelo DOF/MS e policiais do Exército.

Segundo os dados que constam no Boletim de Ocorrência (BO), os quais foram repassados à imprensa, militares da Polícia do Exército registraram na última sexta-feira (17/07) na Delegacia de Polícia Civil do município de Coxim, um BO informando que suas armas, duas pistolas de calibre 380, pertencentes as Forças Armadas, haviam sido furtadas de suas respectivas casas.

O caso foi repassado ao DOF/MS, que passou a investigar o furto das duas armas de fogo, que são de uso restrito do Exército. Durante as investigações os policiais conseguiram localizar um suspeito de ter furtado as armas, um jovem de 17 anos, que aparentemente teria se arrependido e confessado o crime.

O jovem disse para os policiais os nomes das pessoas para quem teria vendido as armas. No fim da tarde de segunda-feira (20/07), os policiais localizaram um dos receptadores, um rapaz de 27 anos, identificado pelas inicias D. S. G.

Em depoimento, o rapaz disse aos policiais que não sabia que a arma era roubada, e que a havia comprado para se proteger, porque trabalha em um comércio, tendo sido assaltado várias vezes.

Diante dos fatos, os policiais do DOF/MS deram voz de prisão ao suspeito, que juntamente com a arma foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil do município, onde foi autuado por receptação e por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.

O suspeito foi levado para o Estabelecimento Penal Masculino de Coxim, porque segundo o delegado, para este tipo de crime não pode ser arbitrada fiança.

Na manhã de hoje, os policiais do DOF/MS identificaram o segundo comprador, que foi identificado como sendo S. S. H., 49 anos. Ele também argumentou que havia comprado a arma para se proteger.

O suspeito também foi preso e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil do município, onde foi autuado pelos mesmos crimes. Ele também foi encaminhado para o estabelecimento penal.

Com informações da Assessoria de Comunicação do DOF/MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo