Tiroteio em universidade deixa 4 feridos no Sudoeste da Alemanha

Um homem armado com uma arma invadiu na manhã desta segunda-feira (24) uma universidade na cidade de Heidelberg, no Sudoeste da Alemanha, deixando pelo menos quatro pessoas feridas. Ainda não há informações sobre o suspeito.

De acordo com as primeiras informações, divulgadas agora a pouco pelas principais agências internacionais, o agressor agiu sozinho e aparenta ser um estudante da universidade. Ele teria cometido suicídio após atirar nos alunos que estavam dentro de uma sala de aula no Departamento de Medicina da faculdade.

Equipes de resgate e da polícia são vistos no campus da Universidade de Heidelberg, no Sudoeste da Alemanha, onde um suspeito atirou contra alunos e professores. Ele cometeu suicido momentos depois de cometer os crimes. — Foto: R. Priebe/DPA/AFP

A identidade do suspeito ainda não foi divulgada pelas policiais. A residência dele está sendo revistadas e os parentes e amigos estão sendo intimados a prestarem depoimentos.

Uma fonte da polícia alemã, que pediu para não ser identificada, disse que alguns feridos estão em estado muito grave. Todos os feridos foram levados a um hospital próximo da universidade.

Equipes de resgate, da polícia e dos bombeiros foram acionadas e enviadas para o local, que foi isolado e cercado. Todas as ruas próximas foram interditadas.

O jornal alemão ‘Bild’ informou que o suspeito entrou na universidade armado e atirou contra estudantes e um professor que estavam dentro de uma sala de aula. Após, ele teria cometido o suicídio.

Já a Deutsche Welle disse que o atirador é um estuda da Universidade de Heidelberg, e que o tiroteio aconteceu dentro de uma sala de aula na Faculdade de Medicina.

A Universidade de Heidelberg se negou a fornecer informações sobre o ataque, mas testemunhas que presenciaram o ataque, e que conseguiram deixar o local em segurança, disseram que durante o tiroteio houve pânico e correria, e que muitos se feriram quando foram pisoteados.

A cidade de Heidelberg fica localizado ao Sul de Frankfurt, e possui cerca de 160 mil habitantes. A Universidade de Medicina foi fundada em 1386 e é considerada a mais antiga da Alemanha.

Com informações das Agências France Presse, Deutsche Welle e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo