Dr. Rogério Welbert Ribeiro se especializa em Medicina de Selva

A situação dos cuidados com a saúde é visivelmente precária em muitas localidades habitadas pelas populações indígenas do Brasil. E foi justamente isso o que percebeu o médico Rogério Welbert Ribeiro, que é Clínico, Emergencialista e especialista em Estética Avançada, quando esteve em algumas tribos da Amazônia, durante sua participação no XI Congresso da SBAIT, realizado em Manaus / AM.

Dr. Rogério Welbert Ribeiro se compadeceu com a situação dos índios e decidiu se especializar em Medicina de Selva, para contribuir com essa população – Foto: Acervo Pessoal

Essa inclusive foi uma conquista de reconhecimento por seu trabalho realizado na área da saúde: Dr. Rogério Welbert Ribeiro foi um dos 50 profissionais escolhidos em todo o país para ser contemplado com todas as despesas pagas pelo Ministério da Saúde para participar do Congresso Brasileiro de Emergência.

Ele aproveitou sua participação no evento, que reuniu grandes nomes da área, para visitar algumas tribos indígenas. “Sou muito grato pela oportunidade e pela experiência que tive de poder vivenciar o dia a dia dos índios, conhecer mais de sua cultura e acompanhar suas dificuldades com a saúde. Isso me motivou a fazer mais por eles”, conta.

Tocado pela falta de acesso a recursos médicos em muitas tribos no país, o Dr. Rogério Welbert Ribeiro, que é graduado em Medicina pela Universidade Federal do Ceará, realizou um curso de Medicina de Selva, prestando na ocasião, atendimento médico para os índios de algumas tribos da Amazônia.

Poder ajudá-los não tem preço e só reforça meu compromisso enquanto médico de oferecer a qualquer cidadão, serviços de saúde de qualidade, com humanidade, gerenciamento de recursos e alto desempenho”, reforça o médico, que também se destaca como Membro do Grupo técnico de Formação de Protocolos de Urgência em parceria com a Força Nacional do SUS no Ministério da Saúde e Tutor de Suporte Avançado em EAD. – parceria do Hospital Alemão Oswaldo Cruz em parceria com Ministério da Saúde.

O Dr. Rogério também fez parte do grupo Técnico de Formação dos Protocolos Nacional de Suporte Avançado e Suporte Básico para o SAMU.

Sobre sua experiência junto aos índios, o médico ainda fez o seguinte comentário em suas redes sociais, ao compartilhar algumas fotos do que vivenciou: “Trabalhar com essa Tribo na Amazônia, me fez rever vários conceitos sobre civilização. São humanos puros, receptivos, que tiveram suas terras invadidas e seus ancestrais mortos com grande crueldade! Às vezes, me envergonho de ser um ‘civilizado“, disse Dr. Rogério.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo