Incêndio atinge e destrói escola no Níger e 26 crianças morrem

Um incêndio de médias proporções atingiu e destruiu na tarde desta segunda-feira (08) uma escola na cidade de Maradi, no Sul do Níger, causando a morte de pelo menos 26 crianças. O fogo atingiu três salas de aula de uma edificação de madeira e palha, materiais altamente inflamáveis.

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, as causas do incêndio ainda são desconhecidas, mas já estão sendo investigadas pelas autoridades locais.

Foto: WhatsApp/Cortesia

Equipes de resgate foram mobilizadas e enviadas para o local, mas as chamas se alastraram rapidamente, atingindo outras salas da escola. O fogo foi controlado e extinto.

O governador local, Chaibou Aboubacar, informou que além dos 26 mortos, outras 13 crianças ficaram feridas, quatro em estado grave. As vítimas foram socorridas e levadas a hospitais da região.

Na escola estudavam crianças entre 5 e 6 anos do ensino fundamental. Não há informações sobre vítimas entre adultos, professores e funcionários da escola.

Não sabemos a origem do incêndio, mas uma investigação está sendo realizada para determina-lo”, disse o governador de Maradi, Chaibou Aboubacar.

Foi decretado um período de três dias de luto na Região de Maradi, a começar a partir desta terça-feira (09). Todas as escolas e prédios públicos permanecerão fechados nesse período.

Dados da Organização das Nações Unidas (ONU) mostram que o Níger possui cerca de 25 milhões de habitantes, e que o país é um dos mais pobres do mundo, com uma das menores taxas de alfabetização do continente africano.

Por ter um orçamento muito baixo para a Educação, o Níger não possui escolas de alvenaria e, mesmo alguns prédios públicos, são de madeiras e palhas. Na zona rural, as aulas acontecem a sombra de árvores.

Um incidente parecido, ocorrido em abril deste ano, causou a morte de 20 crianças em uma escola na cidade de Niamey, capital do Níger.

Com informações das Agências France Presse e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo