Ataque com faca deixa 4 feridos em Hamburgo, na Alemanha

Um homem armado com uma faca atacou na manhã de sábado (06), por volta das 09h15min (horário do Brasil), várias pessoas que estavam dentro de um trem em Hamburgo, no Estado da Baviera, na Alemanha. O suspeito já foi identificado e preso, mas por enquanto as autoridades policiais alemãs tratam o caso como incidente doméstico.

De acordo com as primeiras informações, divulgadas agora a pouco pelas principais agências internacionais de notícias, o suspeito é um rapaz de 27 anos, de nacionalidade síria, tendo fugido do seu país de origem devido a Guerra Civil que matou vários familiares.

Suspeito armado com uma faca feriu 4 pessoas em um trem nas proximidades de Hamburgo, na Alemanha. O Agressor foi preso – Foto: Deutsche Welle / DW

Durante o ataque contra os passageiros, o jovem pediu ajuda a eles, afirmando que não queria matar ninguém. Acredita-se que o suspeito sofre de esquizofrenia.

Ao todo, o suspeito esfaqueou quatro pessoas, que foram resgatadas e encaminhadas a hospitais da região. O suspeito foi detido e não reagiu à prisão.

O promotor Gerhard Neuhof, um dos responsáveis pelas investigações, disse que o suspeito estava armado com uma faca, e vinha sendo acometido de delírios. Uma avaliação médica preliminar mostra que ele sofre de distúrbios mentais.

Até o momento a polícia alemã não encontrou indícios que ele possa ter agido intencionalmente com motivações terroristas.

Não há indicação de um contexto islâmico ou terrorista e nem as investigações, interrogatórios e buscas que realizamos indicam qualquer premeditação ou preparação“, afirmou a diretora da Polícia Criminal de Oberpfalz, Sabine Nagel.

Entre as vítimas do ataque de hoje (07) em um trem de alta velocidade estão um rapaz de 26 anos e um idoso de 60 anos. Dois feridos ainda permanecem no hospital, enquanto outros dois já foram liberados.

O trem seguia da cidade de Passau, na Baviera, com destino a cidade de Hamburgo, mas foi parado pela polícia na cidade de Seubersdorf, ao Sul de Nuremberg.

O suspeito, de 27 anos, reside na cidade de Passu, na Alemanha, desde 2014 como refugiado de guerra, após ter abandonado a Síria, um país completamente devastado pela Guerra Civil. Recentemente ele perdeu o emprego.

Policiais alemães realizaram buscas na casa do suspeito, mas não conseguiram encontrar armas ou qualquer outro material referente a terrorismo.

As autoridades, no entanto, continuam analisando os registros telefônicos do agressor, mas até o momento nada que possa incriminá-lo com atos terroristas foi encontrado.

Com informações das Agências France Presse, Ansa e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo