ONU exige “adesão total” ao cessar-fogo proposta pela entidade a Israel e ao Hamas

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) exigiu na manhã deste sábado (22) que Israel e os palestinos liderados pelo Hamas cumpram o acordo de cessar-fogo na região estipulado pela entidade e acordado por ambas as partes.

Faixa de Gaza na Palestina – Foto: Mahmud Hams AFP

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, os 15 países membros do Conselho de Segurança da ONU emitiram uma declaração pedindo a “adesão total” do cessar-fogo por parte dos israelenses e dos palestinos.

Na declaração foi estipulada que os países membros da ONU deverão enviar ajuda humanitária aos palestinos na faixa de gaza, que sofreu um intenso bombardeio aéreo.

Por determinação dos Estados Unidos (EUA), que vetou anteriormente uma declaração em conjunto, os demais países membros tiveram que se calar diante do massacre do povo palestino.

Na quinta-feira (20), o Egito conseguiu mediar um cessar-fogo provisório entre Israel e o Hamas, e os civis palestinos e israelenses puderam respirar aliviados.

Em mais de 10 dias de conflito, 240 pessoas morreram em decorrência dos bombardeiros mútuos. A maioria das vítimas são palestinos.

A França declarou neste sábado (22) que está suspendendo temporariamente o esforço por uma resolução pacífica. Já o presidente dos EUA, Joe Biden, prometeu ajuda financeira para os palestinos poderem reconstruir a cidade de Gaza, seriamente danificadas pelas bombas israelenses.

Joe Biden disse ainda que a “única resposta” para o conflito, é a criação de um Estado Palestino na região e exigiu que as autoridades israelenses comecem a pensar no assunto.

Com informações das Agências France Presse e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo