“Baía Negra – Vidas do Pantanal” é um dos destaques do Festival EcoBrasil, que começa dia 22

O filme “Baía Negra – Vidas do Pantanal”, que retrata a vida de moradores da Área de Proteção Ambiental (APA) Baía Negra, localizada no município de Ladário (MS), a primeira Unidade de Conservação Ambiental de Uso Sustentável no Pantanal, é um dos destaques da programação do EcoBrasilFest – Festival de Arte e Cinema Ambiental, que começa na próxima quinta-feira, dia 22 de abril.

Dona Julia na rede para Catarse – Foto: Divulgação

O objetivo do evento é dar visibilidade a produções que tratam de questões relacionadas à destruição do meio ambiente e refletir sobre a necessidade de reverter esse cenário para salvar o planeta. “A ideia é que as produções e os encontros que serão promovidos, de alguma forma, nos inspirem na busca por um mundo ambiental e socialmente mais justo”, diz o cineasta João Pasquale, um dos responsáveis pela organização.

“Baía Negra – Vidas do Pantanal” faz parte da lista de 28 produções selecionadas pela organização do evento, entre obras nacionais e estrangeiras. Filmes dos Estados Unidos, Itália, Alemanha e Hungria, entre outros países, também poderão ser vistos gratuitamente a qualquer hora no site oficial do EcoBrasilFest (http://www.ecobrasilfest.com.br), durante a realização do evento, que termina no dia 29 de abril.

Para reforçar o debate, no site também serão realizadas lives diárias sobre temas diversos relacionados à preservação do meio ambiente e com a participação de convidados especiais como o diplomata e ex-ministro da Fazenda Rubens Ricupero, a ex-senadora e ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva e representantes de ONGs como Greenpeace, Fundação Amazônia Sustentável, Organização Vaga Lume e Ampara Silvestre.

Para conferir a programação completa, acesse o site oficial do evento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo