Incêndio atinge universidade na África do Sul e deixa 2 feridos

Um incêndio florestal de grandes proporções está atingindo imensas áreas da África do Sul e já causou enormes prejuízos ao país. As autoridades policiais estão investigando a origem do fogo.

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, o fogo teve início por volta das 03h15min (horário de Brasília) deste domingo (18), no Parque Nacional de Table Mountain, e as chamas já atingiram a Universidade da Cidade do Cabo.

Incêndio florestal atingiu e destruiu neste domingo (18) a Biblioteca da Universidade da Cidade do Cabo — Foto: Mike Hutchings/Reuters

Estudantes, professores e funcionários foram retirados às pressas dos prédios da universidade. A biblioteca foi atingida e as perdas são consideradas irreparáveis.

Equipes de emergência, dos bombeiros, da polícia e dos paramédicos foram mobilizadas e enviadas para a região, que foi isolada. Ao menos dois bombeiros ficaram feridos e precisaram ser substituídos. As duas vítimas foram levadas a um hospital e estão sendo medicadas.

A instituição de ensino fica localizada próxima a uma montanha, o que dificulta os trabalhos dos bombeiros no combate às chamas.

Um Helicóptero com água foi enviado para auxiliar no combate ao incêndio florestal do Parque Nacional de Table Mountain, na África do Sul — Foto: Mike Hutchings/Reuters

As autoridades sul-africanas informaram que o incêndio começou próximo ao monumento em homenagem a Cecil Rhodes, no Devil’s Peak (Pico do Diabo), uma das partes acessíveis para caminhada.

Há registro de vários pontos de chamas na reserva florestal, além de muita fumaça. A orientação das autoridades policiais é para que as pessoas evitem a região.

No momento do início do incêndio havia várias pessoas, principalmente turistas, caminhando no parque. Todos foram retirados em segurança.

Prédio histórico ao lado da Universidade do Cabo foi consumido pelas chamas do incêndio florestal neste domingo (18) — Foto: Mike Hutchings/Reuters

Além dos bombeiros, cerca de 130 voluntários estão auxiliando no combate às chamas.

Por enquanto não há risco para moradores próximos ao parque, e até o momento ninguém precisou deixar suas respectivas casas.

Com informações das Agências France Presse e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo