Israel bombardeia a Faixa de Gaza e deixa 2 feridos

A Força Aérea de Israel bombardeou na manhã deste domingo (22), por volta das 09h35min (horário de Brasília), várias instalações do Hamas localizadas na Faixa de Gaza. Ainda não há informações sobre possíveis vítimas.

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, o ataque foi uma resposta ao lançamento de um foguete, supostamente feito pelos palestinos do Hamas na madrugada de hoje. Os alvos do bombardeio israelense foram uma base e duas oficinas de produção de munição para foguetes.

Palestinos do Hamas inspecionam os danos no local de um ataque aéreo israelense no Sul da Faixa de Gaza neste domingo (22). — Foto: Ibraheem Abu Mustafa/Reuters

O porta-voz do Exército Israelense divulgou nas redes sociais que os bombardeios aéreos foram contra “duas oficinas de fabricação de munições para foguetes, infraestruturas subterrâneas e uma base do Hamas”.

Logo após o bombardeio aéreo, os alarmes soaram na cidade israelense de Ashkelon, próximo à fronteira com a Faixa de Gaza, no entanto não houve ataques por parte dos palestinos.

Os serviços de regate israelenses foram mobilizados e ficaram de prontidão. No entanto não foram registradas explosões e/ou vítimas.

Israel e Hamas travaram desde 2007 três guerras curtas, além de confrontos esporádicos. A Faixa de Gaza, onde residem mais de dois milhões de palestinos, está submetida a um bloqueio israelense há mais de 10 anos, sem que a Comunidade Internacional intervenha a favor da Autoridade Palestina.

Em setembro deste ano, Hamas e Israel assinaram um acordo para o fim das hostilidades após a mediação do Catar. A trégua, no entanto, é frágil, e os confrontos podem começar a qualquer momento.

A Organização das Nações Unidas (ONU) e o Egito tentam estabelecer uma paz duradoura, mas os planos enfrentam objeções de Israel, dos Estados Unidos (EUA) e da Palestina.

Com informações das Agências France Presse e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo