Incêndio atinge e destrói casarão histórico em Rio Claro, no Sul do Rio de Janeiro

Um incêndio, ainda de causas desconhecidas, atingiu e destruiu na noite deste sábado (21), por volta das 21h15min (horário de Brasília), um casarão histórico na zona rural do município de Rio Claro, no Sul do Rio de Janeiro. Não há informações sobre vítimas.

De acordo com as primeiras informações, divulgadas agora a pouco pela Assessoria de Comunicação do Comando Geral da Polícia Militar (CGPM), o fogo atingiu um casarão localizado na Fazenda de São Joaquim da Grama, que se destacou no século XIX como produtor e exportador de café. Atualmente a propriedade rural é denominada apenas de Fazenda da Grama.

Um incêndio atingiu e destruiu na noite deste sábado (21) um casarão histórico em Rio Claro, no Sul do Rio de Janeiro – Foto: WhatsApp/Reprodução

A propriedade rural atingida pelas chamas fica localizada entre a estrada para Arrozal e a Rua Jabuticabeira, no Distrito de Passa Três. Nenhuma outra propriedade foi atingida pelas chamas.

Equipes do Corpo de Bombeiros e das Polícias Civil e Militar foram mobilizadas e enviadas para o local, que foi isolado. Apenas viaturas oficiais e de resgate puderam se aproximar da propriedade em chamas.

Foram enviadas para a região equipes dos quartéis do Corpo de Bombeiros das cidades vizinhas de Volta Redonda, Barra Mansa e de Piraí.

O fogo somente foi controlado na madrugada deste domingo (22), e foi totalmente extinto na manhã de hoje. Os bombeiros permanecem no local realizando o trabalho de rescaldo, com o objetivo de evitar que novos focos de fogo possam surgir nos escombros do imóvel.

A propriedade rural ficou totalmente destruída e as autoridades locais acreditam que o incêndio possa ter sido criminoso – Foto: PMRC/Divulgação

Uma equipe da Defesa Civil de Rio Claro deverá ir ao local na manhã de segunda-feira (23) para avaliar os danos e verificar se a estrutura de sustentação do imóvel foi comprometida.

A Polícia Civil e a Prefeitura de Rio Claro acreditam que o incêndio possa ter sido um ato criminoso, porque as paredes da edificação apareceram pichadas. Essas pichações foram feitas entre a noite de sábado (21) e a madrugada de domingo (22).

Um Boletim de Ocorrência (BO) já foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Rio Claro, que ficará encarregada pelas investigações.

A propriedade rural ficou totalmente destruída e as autoridades locais acreditam que o incêndio possa ter sido criminoso – Foto: PMRC/Divulgação

História da Propriedade Rural

A Fazenda da Grama, anteriormente conhecida como Fazenda de São Joaquim da Grama, pertencia ao comendador Joaquim José de Souza Breves, considerado o “Rei do Café” no Brasil Imperial.

Se destacou na produção e exportação de café durante o século XIX. Por conta disso recebeu durante muitos anos famílias tradicionais da época para debater assuntos de interesse dos cafeicultores e da política local e nacional.

Com informações das Assessorias de Comunicação do CGPM/RJ e do IPHAN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo