Tufão atinge as Filipinas e deixa 10 mortos e 3 desparecidos

Um tufão atingiu na manhã deste domingo (1º de novembro) o Sul das Filipinas, deixando para trás um rastro de destruição e mortes. Até o momento foi confirmada a morte de 10 pessoas e outras três estão desaparecidas.

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, o Tufão Goni está sendo considerado o mais devastador, e atingiu a província de Luzon com ventos de aproximadamente 125 km/h.

Um tufão atingiu as Filipinas na manhã deste domingo (1º) e causou a morte de 10 pessoas – Foto: Stringer/Reuters

Equipes de emergência, formadas por bombeiros, policiais, paramédicos e militares do Exército foram mobilizada e enviadas para as regiões mais atingidas.

Na província de Albay, uma das mais atingidas, cerca de 300 casas foram soterradas por rochas magmas, cinzas e lava expelidas pelo Vulcão Mayon, que entrou em erupção.

Algumas cidades costeiras foram atingidas pelo tufão, tendo muitos moradores deixado suas casas às pressas, devido ao alto riso de ondas gigantes.

Rios transbordaram e diques foram destruídos, provocando inundações em várias cidades e aldeias.

As autoridades das Filipinas informaram agora a pouco que as mortes e desaparecidos ocorreram na província de Bicol. Equipes de busca estão tentado localizar as vítimas que ainda não foram encontradas.

O governador de Albay, Al Francis Bichara, disse em entrevista coletiva que um menino de cinco anos foi arrastado por uma forte correnteza, e que seu corpo ainda não foi localizado.

O Tufão Goni perdeu força no início da noite de hoje e está se dirigindo para a cidade de Quezon, na província de Batangas, e segue em direção ao Mar do Sul da China.

Com informações das Agências Reuters e France Presse

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo