Incêndio atinge porto em Beirute, no Líbano

Bombeiros atuando combatendo as chamas do incêndio no porto de Beirute, no Líbano — Foto: Hussein Malla/AP

Um incêndio de grandes proporções está atingindo na manhã desta quinta-feira (10) o Porto de Beirute, no Líbano. Ainda não há informações sobre vítimas.

De acordo com as primeiras informações, divulgadas agora a pouco pelas principais agências internacionais de notícias, o fogo começou em um armazém aonde estão armazenados pneus e óleo. As causas deste incêndio ainda são oficialmente desconhecidas.

Equipes de emergência e militares do Exército Libanês foram mobilizadas e enviadas para o local, que está totalmente isolado. Helicópteros e aviões militares estão jogando água sobre as chamas.

O fogo causou pânico e fez com que os trabalhadores deixassem imediatamente a área, temendo uma nova explosão.

Há cerca de um mês esse mesmo porto foi totalmente destruído por uma megaexplosão, que atingiu também áreas residenciais e comerciais no entorno dele. Ao todo, 190 pessoas morreram e outras 6 mil ficaram feridas, das quais 250 em estado grave.

Porto de Beirute, no Líbano, local aonde ocorreu a explosão — Foto: Alkis Konstantinidis/Reuters

Uma densa coluna de fumaça negra pode ser vista à distância e muitos moradores de bairros distantes temem uma nova explosão na região.

O chefe do Crescente Vermelho (Cruz Vermelha) do Líbano, George Kettaneh, disse que não existe possibilidade de uma nova explosão, mas que por precaução determinou a retirada de moradores e comerciantes que residem nas proximidades do porto.

Autoridades de saúde disseram que muitos moradores próximos do local do incêndio poderão sofrer falta de ar por causa das chamas e da fumaça.

Equipes dos bombeiros estão no local tentando controladas o incêndio, enquanto helicópteros e aviões do Exército despejam água sobre as chamas.

O atual primeiro-ministro do Líbano, Mustapha Adib, que foi embaixador na Alemanha por sete anos, disse em entrevista coletiva que as autoridades libanesas estão trabalhando para conter as chamas e evitar uma nova tragédia no país.

Em nota, a Marinha do Brasil informou que a Fragata Independência permanece nos mares do Líbano, e que todos os tripulantes estão em segurança. A embarcação encontra-se distante do porto de Beirute.

Com informações das Agências AFP, Reuters e Associated Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo