Explosão em gasoduto deixa 13 mortos e 30 feridos em Bangladesh

Uma forte explosão atingiu na noite desta sexta-feira (04) um gasoduto no distrito de Narayanganj, em Dhaka, capital de Bangladesh, causando a morte de pelo menos 13 pessoas e deixando outras 30 feridas. O número de vítimas deve aumentar nas próximas horas, porque ainda existem pessoas sob os escombros.

Bandeira de Bangladesh – Foto: Divulgação

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, o gasoduto fica localizado próximo a uma mesquita, que ficou parcialmente destruída. Dezenas de pessoas em estado grave foram socorridas e levadas às pressas a hospitais da cidade.

Equipes de emergência formadas por bombeiros, policiais, paramédicos e militares foram mobilizadas e enviadas para o local da tragédia, que foi isolado e cercado.

As autoridades locais acreditam que a explosão aconteceu devido a um vazamento de gás. As causas, no entanto, ainda são oficialmente desconhecidas e já estão sendo investigadas.

Um dos bombeiros que participou do resgate das vítimas disse que a principal causa da explosão pode ter sido o vazamento de gás.

Médicos e enfermeiras tratam de um cidadão muçulmano queimado após explosão em mesquita em Bangladesh — Foto: Abdul Goni / AP Photo

Suspeitamos que o gás vazou do gasoduto e se acumulou dentro da mesquita. A explosão pode ter ocorrido após o acionamento do ar-condicionado“, disse Abdullah Al Arefin, um oficial do serviço de bombeiros.

Os seis aparelhos de ar-condicionado da mesquita explodiram durante o incidente, fazendo com que a tragédia fosse maior.

A maioria das vítimas sofreu queimaduras graves nas pernas, braços e rostos. Algumas estão sendo submetidas a cirurgias plásticas.

A coordenadora da Unidade de Queimados de um hospital de Dhaka, Samanta Lal Sem, disse em entrevista coletiva que 13 pessoas, incluindo uma criança, morreram em virtude das graves queimaduras sofridas.

Com informações das Agências Associated Press e France Presse

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo