Tempestade atinge Cuba e Haiti e deixa um rastro de destruição e mortes

Uma forte tempestade, denominada de ‘Laura’, atingiu entre sábado (22) e domingo (23) as regiões de Cuba, Haiti e República Dominicana, provocando muitos danos e deixando dezenas de vítimas. O fenômeno segue agora em direção aos Estados Unidos (EUA), devendo chegar ao litoral norte-americano nas próximas horas.

Tempestade atinge Cuba Haiti e República Dominicana e deixa um rastro de destruição e mortes – Foto: WhatsApp

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, a tempestade tropical Laura provocou chuvas intensas em Cuba, e causou a morte de pelo menos 12 pessoas no Haiti. Já na República Dominicana provocou sérios danos a infraestrutura do país.

A Tempestade Laura está se deslocando em direção ao território norte-americano com uma velocidade de aproximadamente 33 km/h, com ventos de até 100 km/h, além de trazer em seu bojo tempestades elétricas.

A Região do Caribe, onde ficam localizados Cuba, Haiti, República Dominicana, entre outras nações, encontra-se em estado de alerta máximo. A orientação das autoridades é para que todos os moradores deixem as costas litorâneas dos respectivos países.

A tempestade Laura ganhou força e agora é considerada de categoria 1, podendo ter ventos de até119 km/h. O fenômeno atmosférico pode se transformar em furacão, segundo informações dos meteorologistas.

Laura entrou em Cuba pela Região Leste da Ilha, com rajadas de até 150 km/h e ondas de mais de 3 metros de altura nas proximidades de Guantánamo. Por precaução, o fornecimento de energia elétrica foi suspenso na região.

Em Maisí, as fortes rajadas de vento destelharam casas e estabelecimentos comerciais e provocaram quedas de árvores e postes de energia elétrica.

Um carro pode ser visto no sábado (22) em uma enchente provocada pela tempestade tropical em Salinas, em Porto Rico — Foto: Carlos Giusti/AP

O Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC – sigla em inglês) informou que a Tempestade Laura deve se tornar um furacão na próxima terça-feira (25), devendo atingir os Estados do Sul na quarta-feira (25).

A orientações das autoridades norte-americanas para a população dessas regiões é para que permaneçam em casa, protegendo as janelas e evitando sair sem necessidade.

Por precaução, as autoridades mexicanas determinaram a retirada de todos os trabalhadores de 114 plataformas de petróleo que ficam localizada no Golfo do México.

Vítimas

No Haiti, a Tempestade Laura deixou 9 mortos e 2 desparecidos. Entre as vítimas fatais está uma menina de 10 anos, que perdeu a vida após ser atingida por uma árvore, que caiu sobre sua casa.

Uma mulher de aproximadamente 31 anos foi levada pela correnteza quando tentava atravessar um rio. Dois homens e uma mulher morreram em Porto Príncipe, capital do Haiti.

Já na República Dominicana, a tempestade provocou a morte de 3 pessoas na capital, Santo Domingo.

A temporada de tempestades e furacões no Oceano Atlântico vai até novembro e pode ser mais severa este ano. O NHC prevê a passagem de 25 desses fenômenos climáticos pelos Estados Unidos em 2020.

Com informações das Agências Associated Press e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo