Incêndio em hotel deixa mortos e feridos no Sul da Índia

Um incêndio de médias proporções atingiu na manhã deste domingo (09) um hotel na cidade de Krishna, no Estado de Andhra Pradesh no Sul da Índia, deixando pelo menos 10 mortos e 32 feridos.

De acordo com as primeiras informações, divulgadas agora a pouco pelas principais agências internacionais de notícias, o hotel estava sendo utilizando como Centro de Tratamento do Coronavírus (Covid-19). O número de vítimas fatais pode aumentar nas próximas horas, porque existem feridos em estado gravíssimo.

Incêndio atinge hospital de campanha no Sul de Índia e mata pelo menos 10 pessoas – Foto: Idrees Mohammed/Reuters

Equipes de emergência, paramédicos, policiais e bombeiros foram acionados e enviados para o local, que foi isolado. A prioridade está sendo o de resgatar os feridos e levá-los para outros hospitais.

As autoridades indianas informaram que se trata do segundo incidente do tipo em menos de cinco dias, tendo no outro caso morrido oito pessoas.

A confirmação do número de vítimas (óbitos e feridos) foi feita pelo chefe do Distrito de Krishna, Imtiaz Ahmed. Já a ministra do Interior do Estado de Mekathoti Sucharitha, informou que uma das prováveis causas para o início do fogo pode ter sido um curto-circuito nas instalações elétricas do hotel.

O estabelecimento hoteleiro foi alugado pelo Ramesh Hospital, um hospital privado, para atender pessoas infectadas pelo Coronavírus. Cerca de 40 pacientes e 10 médicos estavam no prédio durante o incêndio.

O primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, disse nas redes sociais que o governo lamenta o ocorrido e se solidariza com as vítimas e seus familiares.

Já o chefe de governo do Estado de Andhra Pradesh, Jagan Mohan Reddy, disse em entrevista coletiva que seu governo irá compensar financeiramente todas as vítimas e seus familiares.

A índia é o terceiro país do mundo mais afetado pela pandemia do Covid-19, tendo ultrapassado dois milhos de infectados, com aproximadamente 43 mil mortes até o momento.

Este é o segundo hospital utilizado por pacientes do coronavírus que pega fogo na Índia em menos de uma semana. Na última quinta-feira (06), oito pacientes que estavam internados com sintomas de Covid-19 morreram na cidade de Ahmedabad, capital do Estado de Gujarat, tendo 40 sido resgatados com vida.

Com informações das Agências France Presse e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo