Furacão atinge os EUA e causa destruição no Texas

Furacão atinge o Estado do Texas (EUA) – Foto: Reuters

Fortes tempestades, seguida pelo Furacão Hanna, atingiu neste sábado (25) o Texas, nos Estados Unidos (EUA), causando destruição e deixando cerca de 12 feridos. Ainda não há registro de mortes.

De acordo com as primeiras informações, divulgadas agora a pouco pelas principais agências internacionais de notícias, trata-se do primeiro furacão a atingir os EUA vindo do Oceano Atlântico. O fenômeno foi classificado como de categoria 1, com ventos de 145 km/h.

A previsão dos meteorologistas é a de que o furacão se transforme em ciclone, podendo provocar chuvas torrenciais e ondas gigantes, com chances reais de inundações.

O furacão Hanna se formou na noite de quinta-feira (23) no Golfo do México e atingiu a Ilha do Padre por volta das 19 horas (horário local) de hoje, provocando inundações em diversas áreas.

Tempestades e furacões atingem os EUA e provocam destruição e inundações – Foto: Eric Gay / AP Photo

O Estado do Texas é um dos mais afetados pela pandemia do coronavírus e muitas pessoas permanecem dentro das respectivas casas. Muitos moradores, no entanto, estão saindo e lotando os supermercados em busca de alimentos e materiais não perecíveis.

As autoridades locais estão aconselhando os moradores a não saírem de casa. Na cidade de Corpus Christi, de 325 mil habitantes, bibliotecas e museus foram fechados.

Os meteorologistas acreditam que a tormenta pode causar mais de 450 mm de precipitação neste Estado do Sul dos EUA, podendo ocasionar inundações repentinas.

Outro furacão

No Oceano Pacífico, a chegada do Furacão Douglas já obrigou as autoridades do Havaí a fecharem estabelecimentos comerciais e de entretenimento. A orientação é para que os moradores permaneçam em casa.

O Centro Nacional de Furacões (NHC – sigla em Inglês) dos Estados Unidos emitiu um alerta para a possibilidade da chegada da tempestade tropical Gonzalo, que deve atingir as Ilhas de Barlovento nas próximas horas. Essa intempérie foi classificada de categoria 2, podendo ter rajadas de vento de até 170 km/h.

Tempestades e furacões atingem os EUA e provocam destruição e inundações – Foto: Eric Gay / AP Photo

Com informações das Agências Reuters e Associated Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo