Pele seca e sensível fica ainda mais irritada no inverno

Vermelhidão, repuxamento e até mesmo fissuras podem ser indicativos

São Paulo (SP) – Bastam os termômetros caírem para a sua pele ficar ressecada, rígida e avermelhada? Saiba que isso é normal: os sintomas comuns à pele seca e sensibilizada são mais frequentes durante os meses de inverno e verão, em que ocorrem mudanças abruptas de umidade e temperatura. A boa notícia é que isso não quer dizer que seja mais difícil cuidar desse tipo de pele.

A deterioração da barreira cutânea – responsável pela defesa da pele – induz ou agrava seu ressecamento. Sem os cuidados adequados, esse desequilíbrio pode causar vermelhidão, perda da elasticidade, descamações e rachaduras. “Além da influência exógena, certas pessoas têm a pele seca e/ou sensível em virtude de agentes endógenos, como composição genética e desequilíbrios hormonais”, afirma a Dra. Tatiana Lopes (CRM 5276038-2 RJ).

Principalmente nos meses de temperaturas mais baixas, como o inverno, é primordial uma rotina de cuidados apropriada para peles secas. Nesse passo a passo, a higienização é a primeira etapa a ser praticada. “A limpeza diária, de preferência pela manhã e à noite, com produtos adequados ao tipo de pele e suas necessidades é o segredo. Ela remove as impurezas acumuladas e prepara a pele para as etapas seguintes dessa rotina”, explica a médica.

Os higienizadores Dermotivin® Soft foram desenvolvidos para peles secas ou sensibilizadas. Têm fórmula suave, com alta tolerância para limpar sem irritar. Ainda, proporcionam sensação de maciez e, graças à presença de agentes emolientes, possuem ação hidratante não oleosa.

Um profissional irá indicar os melhores cuidados para cada tipo de pele. Pouco brilho, aspereza e coceira podem ser indicativos de pele seca, que merece cuidados redobrados no inverno. “O uso de produtos específicos para pele seca e sensível é fundamental quando se fala em prevenção e tratamento das manifestações do ressecamento e irritação extremos”, finaliza a Dra. Tatiana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo