Incêndio florestal próximo a Usina Nuclear de Chernobyl provoca aumento na radioatividade

Um incêndio de grandes proporções atingiu neste sábado (04) uma floresta localizada nas proximidades da Usina Nuclear de Chernobyl, na Ucrânia, perto da fronteira com a Bielorrússia. As autoridades informaram que houve um aumento significativo no vazamento de radioatividade.

A floresta incendiada fica localizada na zona de exclusão que cerca a Central Nuclear de Chernobyl, onde aconteceu, em 1986, o pior desastre nuclear da história mundial.

Usina Nuclear de Chernobyl atualmente – Foto: Reuters/Arquivo

As autoridades ucranianas informaram que bombeiros e voluntários foram enviados para o loca, para controlar e debelar as chamas, que estão se alastrando rapidamente. Técnicos também foram enviados para a região para mediar a radiação.

O técnico Egor Firsov, que lidera o Serviço de Inspeção Ambiental da Ucrânia, disse através das redes sociais (Facebook), que “há radioatividade superior à normal no coração do incêndio.

Em um vídeo postado nas redes sociais, Egor Firsov mostrou imagens do contador Geiger exibindo um nível de radioatividade 16 vezes mais alto do que o normal.

As chamas já se propagaram por mais de 100 hectares da floresta, que fica situada em torno da Usina Nuclear de Chernobyl, a aproximadamente 100 km de distância de Kiev, capital do país.

Os Serviços de Emergência da Ucrânia informaram que as chamas estão sob controle e que não existem riscos de contaminação no solo ou no ar.

As autoridades ucranianas disseram ainda que não existem riscos imediatos para as pessoas que residem em cidades e povoados próximos a central nuclear.

Ao todo, 100 bombeiros e 50 voluntários, além de dois aviões e um helicóptero, foram enviados para o local para ajudar no combate às chamas.

Lembrando que o reator número 4 da Central Nuclear de Chernobyl explodiu em 26 de abril de 1986, contaminando até 75% da Europa, segundo dados da Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA).

Depois desta catástrofe, as autoridades russas e ucrânias evacuaram milhares de pessoas. A cidade de Pripyat ou Prypyat, localizado nas proximidades de Chernobyl também foi evacuada às pressas, e deste então permanece fechada, completamente abandonada. A entrada no local é proibida.

Uma ampla área de mais de 2 mil km² foi evacuada e abandonada. Dezenas de Vilarejos foram esvaziados e abandonados.

Outros três reatores nucleares em Chernobyl continuaram funcionando após o desastre, tendo o último sido desligado em 2000, quando marcou o fim da atividade industrial na Usina Nuclear, que se encontra abandonada, sem nenhuma manutenção.

Com informações das Agências France Presse e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo