MAPFRE Explica como curtir o Carnaval com segurança

Na viajem ou no bloco, aproveite os dias de folia com responsabilidade

São Paulo (SP) – O Carnaval está chegando e, para curtir com tranquilidade a época mais alegre do ano, alguns detalhes não podem passar despercebidos. Seja qual for o seu jeito de cair na folia, a MAPFRE explica como driblar algumas situações de risco bastante comuns nesse período.

Foto: Divulgação

#1 – Se beber, não dirija!

Para quem faz consumo de bebidas alcoólicas, o principal é deixar o carro em casa. Dá para fazer uso de aplicativos de caronas, eleger o “motorista da vez” entre os amigos ou usar o transporte público para chegar e deixar as festas em total segurança – muitas prefeituras têm esquemas oficiais de ônibus e metrôs durante esse feriado.

#2 – Um olho no bloco, outro nos pertences

Para fazer aquele vídeo ou foto legal durante o bloquinho, cuidado redobrado com documentos, celular ou câmeras fotográficas! Para evitar furtos e roubos, não deixe esses pertences em bolsos abertos – e principalmente traseiros – das roupas, ou soltos nas mãos. A regra é clara: usou, guardou! Esse cuidado também ajuda em caso de chuva durante a folia. Mesmo que você tenha seguro, essa modalidade de apólice não cobre defeitos posteriores a esse tipo de exposição. Uma alternativa é utilizar pochete ou porta-documentos.

#3 – Diversão até debaixo de água?

Se vai curtir o Carnaval na praia ou na cachoeira, evite nadar em mar aberto sozinho ou saltar de locais altos na água – onde o solo pode ter bancos de areia, corais ou pedras. E nada de conduzir embarcações sem ser habilitado (vale para motos aquáticas também).

#4 – Se juntos já causam, imagine juntos!

O Carnaval é muito mais divertido em grupo, por isso não se esqueça de marcar um ponto de encontro para o caso de alguém se perder, principalmente se vocês forem turistas.

#5 – Deixe sua casa segura até a volta

Na hora de partir para o destino do feriadão, cheque se todas as janelas estão fechadas e travadas, as portas trancadas, aparelhos elétricos e eletrônicos desconectados das tomadas e registros de água fechados. Isso pode evitar imprevistos com queima de eletrodomésticos ou alagamentos em casos de problemas nas tubulações internas.

Vale uma dica extra: se tiver a possibilidade, deixe uma cópia das chaves com uma pessoa de sua confiança, em casos de emergência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo