Esculturas de Salvador Dalí são roubadas de museu em Estocolmo, na Suécia

Ladrões armados invadiram nesta quinta-feira (30) uma galeria de arte em Estocolmo, capital da Suécia, e roubaram 10 esculturas do mestre do surrealismo Salvador Dalí. Cada peça de arte está avaliada entre R$ 94 mil e R$ 235 mil.

De acordo com as primeiras informações, divulgadas agora a pouco pelas principais agências internacionais de notícias, os bandidos levaram as esculturas, mas os certificados de autenticidade das peças permanecem dentro de um cofre na galeria de arte.

Galeria Couleur, em Estocolmo, capital da Suécia, de onde foram roubadas nesta quinta-feira (30) esculturas em bronze de Salvador Dalí — Foto: Ali Lorestani/TT News Agency / AFP

A polícia local informou que os ladrões entraram na Galeria Couleur, situada no elegante Bairro de de Östermalm, após quebrarem uma porta de vidro.

Testemunhas disseram terem visto os ladrões, que fugiram em alta velocidade em um veículo de passeio. A polícia foi acionada e rapidamente chegaram a galeria, que foi isolada e cercada.

As esculturas roubadas são de bronze e vieram de uma coleção suíça, que havia sido emprestada para a Galeria Couleur. Estima-se que existam 350 cópias numeradas dessas obras de arte.

O proprietário da Galeria Couleur, Peder Enström, disse acreditar que entre 3 a 6 pessoas entraram no estabelecimento para roubar as obras de arte.

Ainda segundo Peder Enström, será muito difícil vender as peças de arte roubadas, porque os certificados de autenticidade permanecem na galeria.

Com informações das Agências France Presse e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo