Tiroteio em mercado deixa 2 mortos e 3 feridos em Jersey City (EUA)

Um tiroteio ocorrido na manhã desta terça-feira (10) em um mercado de Jersey City, próximo a cidade de Nova York, no Leste dos Estados Unidos (EUA), deixou pelo menos dois mortos e cerca de três feridos. O número de vítimas ainda não é oficial.

De acordo com as primeiras informações, divulgadas agora a pouco pelas principais agências internacionais de notícias, aparentemente os criminosos teria feito uma ‘emboscada’ contra policiais.

As autoridades policiais não descartam a possibilidade de terrorismo, porém acreditam em ‘emboscada’ contra policiais que foram acionados para atender uma ocorrência de homicídio em Jersey City, Região Metropolitana de Nova York.

Policiais cercam a área onde ocorreu o tiroteio nesta terça-feira (10) em Jersey City, nos EUA – Foto: Eduardo Muñoz Alvarez/AP Photo

Imagens das principais emissoras de TV dos EUA mostram um intenso tiroteio na região, tendo muitos moradores entrado em pânico e se jogado nas ruas.

Equipes da Polícia de Nova York, do FBI, da SWAT e do Escritório de Álcool, Tabaco, Armas de Fogo e Explosivos foram mobilizadas e enviadas para o local.

Por causa do tiroteio, uma escola e vários comércios foram fechados e todos tiveram que permanecer dentro dos estabelecimentos por horas.

Ainda não se sabe a motivação deste ataque e nem que são os suspeitos. Também não está confirmado o número de criminosos que participaram da ação.

Dois policiais morreram e três ficaram feridos no tiroteio desta terça-feira (10) em Jersey City, nos EUA – Foto: WhatsApp/Reprodução

Equipes de resgate chegaram rapidamente ao local, mas elas somente puderam socorrer os feridos depois que o tiroteio cessou. As identidades das duas vítimas fatais não foram divulgadas, mas acreditam-se que sejam policiais que foram atender a ocorrência de homicídio.

Um policial ficou ferido no ombro, tendo ele sido socorrido e levado a um hospital da região.

A área onde ocorreu o tiroteio permanece isolada e cercada. Buscas estão sendo realizadas na região, na tentativa de localizar e prender possíveis suspeitos.

Com informações das Agências Reuters e Associated Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo