Ministério da Cidadania inaugura Cozinha Comunitária em Estância (SE)

Empreendimento irá beneficiar famílias em vulnerabilidade social com uma refeição gratuita por dia

Facilitar o acesso da população de baixa renda a uma alimentação saudável. Este é um dos objetivos do Programa Cozinha Comunitária, coordenado pela Secretaria Nacional de Inclusão Social e Produtiva Rural do Ministério da Cidadania. Nesta quinta-feira, mais uma unidade foi inaugurada — desta vez, no município de Estância, em Sergipe. O empreendimento vai ofertar uma refeição por dia para até cem pessoas que estão no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal.

A proposta é ampliar o número de refeições distribuídas e atender a mais pessoas, conforme o funcionamento da unidade. O investimento do Ministério da Cidadania para a instalação do equipamento foi de trezentos e cinquenta mil reais. Com estrutura semelhante à de um restaurante, a Cozinha Comunitária está localizada em uma área de alta vulnerabilidade social, segundo conta o secretário de Inclusão Social e Produtiva Rural, José Roberto Cavalcante.

As Cozinhas Comunitárias são direcionadas a municípios que apresentem elevado número de pessoas em situação de miséria ou pobreza. O cardápio é normalmente elaborado por uma nutricionista para atender às necessidades nutricionais da comunidade em que se encontra o equipamento. Segundo o prefeito de Estância, Gilson Andrade, a cozinha vai funcionar de segunda à sexta-feira, distribuindo refeições no horário de almoço, sem nenhum custo para o público.

Em todo o País, mais de trezentas cozinhas foram entregues. O Programa Cozinha Comunitária fornece refeição a pessoas que estão cadastradas pelas unidades da rede de Assistência Social. As refeições são ofertadas de forma gratuita, diferente do Restaurante Popular, que atende ao público geral cobrando um valor pela refeição servida.

Ouça aqui (2’16”)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo