Ataque a base militar deixa mortos e feridos no Mali

Um ataque ocorrido na tarde desta segunda-feira (18) contra um posto do Exército, no Mali, um país localizado no Norte do Continente Africano, deixou pelo menos 24 militares mortos e outros 32 feridos. Além disso, 17 militantes do grupo responsável pelo ataque morreram em confronto com as Forças de Segurança.

O porta-voz do Exército do Mali informou que grupos terroristas islâmicos são os responsáveis pelo ataque. Investigações estão sendo realizadas para apurar qual grupo teria coordenado e efetuado esse ataque, cujas autoridades avaliam como terrorismo.

Uma base do Exército em Mali, no Norte da África – Foto: Reprodução

As autoridades de Mali acreditam que grupos jihadistas islâmicos estão intensificando os ataques no país, e cobram dos militares mais seguranças as bases e prédios das Forças Armadas.

O ataque desta segunda-feira (18) acontece poucos dias depois de um ataque a outro posto militar, que causou a morte de 54 militares, e que já está sendo considerado um dos maiores na história recente do Mali.

A patrulha malinesa atacada ontem fica na cidade de Tabankort, na Região de Gao. Os militares participavam de uma operação conjunta com militares de Níger, quando houve o ataque.

Após o atentado, um número considerável de suspeitos (militantes islâmicos) foi preso. As autoridades não informaram a qual grupo pertencem.

A violência na África tem aumentado significativa nas últimas décadas. Os grupos extremistas possuem ligações estreitas com a Al-Qaeda e o Estado Islâmico, e tem conseguido desestabilizar vários governos do continente africano, como o Mali, Níger e Burkina Faso.

A Comunidade Internacional está apreensiva com o aumento dos ataques e atentados no Continente Africano, porque existem militares de vários países nesses territórios.

Com informações da Agência Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo