Tiroteio em escola deixa 2 mortos e 3 feridos na Califórnia (EUA)

Um jovem de 16 anos entrou armado nesta quinta-feira (14) na Escola Saugus, em Santa Clarita, no Estado da Califórnia, nos Estados Unidos (EUA) e efetuou diversos disparos contra estudantes, professores e funcionários. As autoridades policiais ainda não sabem a motivação dos crimes.

De acordo com as primeiras informações, divulgadas agora a pouco pelas principais agências internacionais de notícias, o tiroteio deixou dois mortos e três feridos, entre eles o suspeito, que não teve a identidade reveladas.

Equipes da polícia, dos bombeiros e paramédicos foram mobilizados e enviados para o local, que foi cercado e isolado. A escola de ensino médio foi fechada e esvaziada e uma varredura foi feita no local em busca de possíveis cúmplices.

Pais de alunos aguardam do lado de fora da escola informações sobre seus filhos, após um tiroteio ocorrido nesta quinta-feira (14) no Estado da Califórnia (EUA) – Foto: Marcio José Sanchez/AP

Assim que as forças de segurança chegaram a escola, o suspeito pegou uma arma e tentou se matar, mas ele ficou gravemente ferido e foi levado sob forte escolta a um hospital da região, para onde também foram levados os demais feridos.

Entre os mortos estão uma jovem de 16 anos e um rapaz de 14 anos, que morreram instantaneamente. Os corpos das duas vítimas fatais foram resgatados e levados para o necrotério, onde serão realizados todos os exames de praxe.

Neste momento chega à redação do Campo Grande Notícias, a informação de que o suspeito é de origem asiática, e que ele estudava na mesma escola.

O xerife do Condado de Santa Clarita, Alex Villanueva, disse que com o suspeito foi encontrado e apreendido uma pistola semiautomática e calibre 45. A arma já estava sem munição.

Autoridades policiais se reúnem do lado de fora da Escola Saugus, em Santa Clarita, na Califórnia (EUA), palco de um novo tiroteio nesta quinta-feira (14) – Foto: Stefanie Dazio/AP

O capitão Kent Wegener, do Departamento do Xerife do Condado de Santa Clarita, informou que imagens do circuito interno de vigilância mostra o suspeito tirando uma arma da mochila e disparando contra cinco pessoas. Após, ele atirou contra a sua própria cabeça.

A mãe e a namorada do suspeito foram detidas e levadas para a Delegacia de Polícia, onde estão prestado depoimento. A casa onde ele mora está sendo revistada neste momento.

Testemunhas disseram que durante o tiroteio várias pessoas que estavam dentro da escola saíram correndo, e que algumas conseguiram entrar em casas de vizinhos localizadas nas imediações.

Depois deste novo tiroteio, congressistas voltaram a debater um controle mais rigoroso na venda e porte de armas em todo os Estados Unidos.

Com informações das Agências Associated Press e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo