Ataque com faca deixa 4 mortos e 3 feridos em Paris, na França

Um ataque ocorrido na manhã desta quinta-feira (03) nas proximidades da sede da polícia, no centro de Paris, capital da França, causou a morte de pelo menos quatro pessoas e deixou outras três feridas. Um suspeito foi morto pela polícia.

De acordo com as primeiras informações, divulgadas agora a pouco pelas principais agências internacionais de notícias, o ataque aconteceu por volta das 08h15min (horário de Brasília), quando um homem armado com uma faca desferiu vários golpes nos pedestres que transitavam pelo local.

Testemunhas disseram que as pessoas entraram em pânico e correram assustadas. Três homens e uma mulher foram mortos no ataque.

Um ataque com faca em frente à sede da Polícia em Paris, na França, causou a morte de quatro pessoas nesta quinta-feira (3) — Foto: Philippe Wojazer/ Reuters

Equipes da Polícia, das Forças de Segurança e de Saúde foram mobilizadas e enviadas para a região, que foi totalmente isolada e cercada. Apenas viaturas oficiais tiveram permissão para entrar na região. O suspeito foi abatido pelos policiais.

Paramédicos socorreram os feridos e os levaram a hospitais da cidade. O estado de saúde das vítimas não foi divulgado.

O procurador de Paris, Remi Heitz, disse em entrevista coletiva, que as autoridades policiais parisienses lamentam o ocorrido e se solidarizam com as vítimas e seus familiares.

Lamentamos a morte de quatro pessoas, três homens e uma mulher. Três funcionários policiais e um agente administrativo“, disse Remi Heitz.

Testemunhas disseram que o agressor trabalhava no Serviço de Informática da Direção de Inteligência da Polícia há cerca de 20 anos e que possuía deficiência.

Ruas próximas da Prefeitura de Polícia de Paris foram interditadas nesta quinta-feira (3) — Foto: Martin Bureau / AFP

Um funcionário do Sindicato Aliança Polícia Nacional disse à Emissora BFMTV que o suspeito iniciou o ataque no escritório, saindo da sala e atacando os demais funcionários que estavam nos corredores do prédio.

Um policial francês, que pediu para não ser identificado, disse que o suspeito foi morto no hall de entrada da sede de polícia de Paris.

Equipes da polícia estão neste momento vistoriando a casa do suspeito e interrogando familiares e amigos do mesmo. As motivações deste ataque ainda são desconhecidas.

O porta-voz do Coletivo France Police (Policiers em Colère), Christophe Crépin, disse em entrevista coletiva que o suspeito, de 45 anos, tinha problemas pessoais com sua chefe, e que esse pode ser um dos motivos do ataque.

Neste momento chega à redação do Campo Grande Notícias, a informação de que a esposa do agressor foi detida e levada a uma delegacia de polícia em Paris. Ele está prestando depoimento.

Polícia e bombeiros franceses são vistos na entrada da sede da polícia em Paris, na França, alvo de um ataque nesta quinta-feira (3) — Foto: Philippe Wojazer/ Reuters

Um aparato policial foi montado em Ïle de la Cité, onde fica localizada a sede e polícia em Paris. O imóvel fica próximo à Catedral de Notre-Dame.

Por precaução, as autoridades determinaram o fechamento imediato de lojas, bares, restaurantes e locais de entretenimento, como cinemas e teatros. A Estação de Metrô Cité, na Linha 4, também foi fechada.

O presidente francês, Emmanuel Macron, foi ao local do incidente acompanhado do primeiro-ministro, Edouard Philippe e do ministro do Interior, Christophe Castaner.

O ataque de hoje ocorre um dia depois do protesto de milhares de policiais em Paris. Uma mobilização sem precedentes em quase 20 anos.

A França está em estado de alerta máximo para atentados terroristas.

Com informações das Agências France Presse e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo